Desfalcado, Coritiba tenta interromper série de cinco derrotas como visitante

"Henrique Gelain e Abner: op\u00e7\u00f5es para a lateral-esquerda"
"Henrique Gelain e Abner: op\u00e7\u00f5es para a lateral-esquerda" (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba tenta nesta sexta-feira (dia 4) interromper uma série de cinco derrotas como visitante. O confronto será contra o Oeste, em Barueri, pela 4ª rodada da Série B. O técnico Eduardo Baptista estreou no comando da equipe com vitória no Couto Pereira sobre o Criciúma. Agora, vai para sua primeira partida fora de casa.

Nas últimas cinco partidas como visitante, o Coritiba amargou cinco derrotas: 2 a 0 para o Sampaio Corrêa (Série B), 2 a 0 para o Atlético-PR, 2 a 1 para o Cascavel, 2 a 0 para o Paraná e 1 a 0 para o Goiás (Copa do Brasil). Todas as partidas foram sob o comando do técnico Sandro Forner, demitido em 15 de abril. 

DESFALQUE NA LATERAL-DIREITA
O Coritiba não terá o volante Vinícius Kiss, lesionado. Ele seria o titular da lateral-direita. Outras opções seriam Cesar Benítez e Marcos Moser. Mas Baptista já deixou claro que não vai usar o primeiro e devolveu o segundo para a equipe B, que vai disputar o Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O titular da posição seria Carlos César, mas ele sofreu uma grave lesão antes de estrear pelo Coxa e só volta a jogar no segundo semestre. 

Com esse cenário, o técnico pretende promover a estreia do lateral-direito Leandro Silva, que estava no Ceará. O jogador depende do registro do contrato para poder jogar. Se isso não ocorrer, o zagueiro Geovane será improvisado na posição.

DÚVIDA NA LATERAL-ESQUERDA
O lateral-esquerdo Abner foi poupado de algumas atividades durante a semana e virou dúvida para enfrentar o Oeste. Se não tiver condições, será substituído por Henrique Gelain, 23 anos, que não joga há um ano – sua última partida foi em abril de 2017.

OUTROS DESFALQUES
Além de Carlos César e Vinícius Kiss, outros três jogadores seguem em recuperação: o meia Thiago Lopes, o ponta Iago Dias e o lateral-esquerdo William Matheus. O centroavante Alecsandro faz um trabalho de fortalecimento muscular e só voltará a atuar quando estiver 100%, segundo planejamento da comissão técnica. O centroavante Kleber Gladiador segue com situação indefinida e treinando em grupo separado.

ESTÁDIO VAZIO
O Oeste não tem recebido apoio de torcedores de Barueri. Entre os 60 clubes das três primeiras divisões do Brasil, o clube paulista tem a 52ª média de público, com 1.475 pagantes por jogo. A média de ocupação do estádio é de 4%. O cálculo considera todas as competições de 2018. O Coritiba, por exemplo, é o 23º nessa lista, com média de 6.513 pagantes por partida e ocupação média de 16% do Couto.

OESTE x CORITIBA
Oeste
: Tadeu; Daniel Borges, Suelliton, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Lídio, Wallace Bonilha, Claudinho, Bruno Lopes e Pedrinho; Nicolas Careca. Técnico: Roberto Cavalo
Coritiba: Wilson; Leandro Silva (Geovane), Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner (Henrique Gelain); Vitor Carvalho, Julio Rusch, Chiquinho, Jean Carlos e Kady; Bruno Moraes. Técnico: Eduardo Baptista
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP), sexta-feira às 21h30

OS 20 CONVOCADOS
Pelo Coritiba para o jogo em Barueri
Goleiros: Rafael Martins e Wilson
Zagueiros: Alex Alves, Geovane e Thalisson Kelven
Laterais: Abner,  Henrique Gelain e Leandro Silva 
Volantes: João Paulo, Julio Rusch, Simião e Vitor Carvalho
Meias: Jean Carlos, Kady e Yan Sasse
Pontas: Chiquinho, Guilherme Parede e Pablo
Centroavantes: Bruno Moraes e Rafhael Lucas