Brasileirão

Desfalcado, Paraná Clube tenta barrar “bombardeio” do Atlético-MG

O lateral-esquerdo Mansur, ex-Atl\u00e9tico-MG
O lateral-esquerdo Mansur, ex-Atl\u00e9tico-MG (Foto: Geraldo Bubniak)

O Atlético Mineiro vem “bombardendo” seus adversários nesse Campeonato Brasileiro. É o time com mais gols marcados (26), com mais arremates (15,1 por jogo) e com mais finalizações certas (5,6 por partida). É o terceiro com mais posse de bola (54%) e o terceiro com maior precisão nos passes (86%). Apesar de todo esse poder de fogo, o time é o quinto colocado na competição. Só não está em posição melhor porque tem a segunda pior defesa do torneio, com 22 gols sofridos.

A missão do Paraná Clube nesta quarta-feira (dia 25) às 21 horas, em Belo Horizonte, é tentar aproveitar essa fragilidade defensiva do adversário e segurar o ímpeto ofensivo. Para isso, o técnico Rogério Micale terá problemas na zaga. O zagueiro Rayan voltaria ao time após suspensão, mas agora está lesionado e desfalca o time. O zagueiro Jesiel segue no departamento médico e não tem condições de jogo. O lateral-esquerdo Igor, que atuou improvisado como zagueiro na última rodada, pode seguir na função. Outra opção é promover a estreia do zagueiro Renê Santos, ex-Atlético-GO.

Outro desfalque é o atacante Carlos, que pertence ao Atlético-MG e está emprestado. Uma cláusula no contrato impede que enfrente o clube de origem. As opções para o lugar dele são Léo Itaperuna e Iacovelli, já que o centroavante Thiago Santos está em recuperação no departamento médico. Micale não deu pistas sobre a escalação.

O Atlético-MG também estará desfalcado. O meia Luan e o volante Galdezani estão suspensos. O meia-atacante Cazares está em negociação com outro clube e segue fora.

O time mineiro pode chegar ao terceiro lugar na tabela se vencer. O Paraná deixa a zona de rebaixamento se conseguir uma vitória.

REENCONTRO
A partida é um reencontro para o técnico Rogério Micale e para o lateral-esquerdo Mansur. O treinador trabalhou no clube mineiro no ano passado. Mansur pertence ao Atlético-MG e atuou pela equipe de Belo Horizonte em 2015, 2016 e 2017. “Jogar contra o Atlético é sempre muito difícil, temos consciência disso. O Micale passou por lá assim como eu e saberá nos passar o que for preciso pra fazer um bom jogo. É sempre importante pontuar fora de casa e faremos o possível pra isso. Estamos em um momento bom e queremos melhorar”, declarou o jogador. “A última vitória nos trás muita confiança, estamos evoluindo e aos poucos encontrando a melhor forma de atuar e manter uma sequência de bons resultados. Temos que manter a concentração pra esse jogo muito importante”, completou o lateral.

ATLÉTICO-MG x PARANÁ
Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; José Welison, Elias, Lucas Cândido (Tomás Andrade), David Terans e Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Cléber Reis, Igor (Renê Santos) e Mansur; Leandro Vilela, Caio Henrique e Nadson (Alex Santana); Silvinho, Rodolfo e Léo Itaperuna (Iacovelli). Técnico: Rogério Micale
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Local: Independência, Belo Horizonte (MG), quarta-feira às 21 horas