Libertadores

Desfigurado e com um só goleiro no elenco, Athletico desafia o River Plate na Argentina

Bento: único goleiro no Athletico no momento
Bento: único goleiro no Athletico no momento (Foto: Fabio Wosniak / site oficial do Athletico)

Com um time desfigurado – principalmente pelo surto de coronavírus –, o Athletico desafia o River Plate, na Argentina, nesta terça-feira (1), às 19h15, na partida de volta pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

A partida de ida, na Arena da Baixada, terminou 1 a 1. Para avançar, o time paranaense precisa vencer ou empatar em pelo menos dois gols. O gol fora de casa é um critério de desempate na competição sul-americana.

O grande problema no Athletico é montar um time. O elenco tem 11 jogadores infectados pelo coronavírus. Três deles são goleiros: Santos, Jandrei e Leo Linck. Os outros são os laterais Khellven e Abner, os zagueiros Zé Ivaldo e Felipe Aguilar, o volante Jaime Alvarado, o meia Fernando Canesin, o meia-atacante Nikão e o atacante Geuvânio.

O problema maior é no gol. Com três goleiros afastados, o clube só tem um jogador da posição disponível: Bento. Ele estreou exatamente no jogo de ida contra o River Plate e também atuou na última partida – a derrota de 3 a 0 para o Palmeiras, no Brasileirão. Foram duas únicas partidas como profissional no clube.

Na Argentina, o Athletico não terá um goleiro reserva. Até porque não lhe foi permitido inscrever mais um – o mesmo veto já havia acontecido no Brasileirão. “Sem lamentações, poderia ser pior. Imagine se (a contaminação por Covid-19) acontece com o Bento”, disse o técnico Paulo Autuori. “Incrível, é um ano completamente atípico. A gente precisa de mais bom senso e é justamente onde há ausência de bom senso”.

A lista de desfalques aumenta porque o treinador não pode contar com o atacante Reinaldo, expulso na partida de ida. Além disso, há jogadores lesionados há algum tempo, casos dos laterais Jonathan e Márcio Azevedo. Por outro lado, o volante Richard e o atacante Carlos Eduardo conseguiram se recuperar de lesão.

Autuori afirmou que precisou recorrer a jogadores que precisavam de descanso. “Tem jogador com mais de 20 jogos que precisava descansar, mas não temos opções. Esses jogadores que precisaríamos dar um descanso, os demais da posição tiveram Covid-19”, afirmou ele. “Vamos em frente com tranquilidade para não perder a capacidade de pensar e ter lucidez para tomar as melhores decisões para o jogo de terça-feira”.

River Plate

O River Plate deverá ter força máxima para a partida desta terça-feira. A única baixa é o meia-atacante Cristian Ferreira, lesionado. Durante a semana, o técnico Marcelo Gallardo poupou vários jogadores na vitória sobre o Rosario Central, pela Copa da Liga Profissional Argentina. O River tem usado o estádio do Independiente, em Avellaneda (Grande Buenos Aires), para os jogos, uma vez que o estádio Monumental de Nuñez está em reformas.

Os relacionados do Athletico para o jogo com o River Plate
Goleiro: Bento
Defensores: Edu, Erick, João Victor, Lucas Halter, Pedro Henrique e Thiago Heleno
Meio-campistas: Bruno Leite, Christian, Jorginho, Léo Cittadini, Lucho Gozanlez, Ravanelli, Richard e Wellington
Atacantes: Carlos Eduardo, Bissoli, Fabinho, Renato Kayzer e Walter 

RIVER PLATE x ATHLETICO

River Plate: Armani; Montiel, Paulo Diaz, Pinola e Casco; Enzo Pérez; Sosa, Nacho Fernández e De La Cruz; Borré e Matías Suárez. Técnico: Marcelo Gallardo
Athletico: Bento; Erick; Pedro Henrique, Thiago Heleno e João Victor; Wellington e Richard; Carlos Eduardo, Leo Cittadini e Fabinho; Renato Kayzer. Técnico: Paulo Autuori
Árbitro: Jesús Valenzuela (Venezuela)
Local: Estádio Libertadores da América, em Avellaneda (Argentina), terça-feira, às 19h15