Publicidade
Crueldade

Dez cães de raça são resgatados de criadouro clandestino no Sítio Cercado

Além dos animais, quatro adultos e seis filhotes, foram encontrados medicamentos e outros itens que caracterizavam a atividade de criação
Além dos animais, quatro adultos e seis filhotes, foram encontrados medicamentos e outros itens que caracterizavam a atividade de criação (Foto: divulgação)

Dez cães da raça Yorkshire foram apreendidos, na manhã desta sexta-feira (22), no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, em um criadouro clandestino. A operação de fiscalização da Rede de Proteção Animal em parceria com a Força Verde foi resultado de denúncias via Central 156 da prefeitura.

Além dos animais, quatro adultos e seis filhotes, foram encontrados medicamentos e outros itens que caracterizavam a atividade de criação, proibida pela lei municipal 15.282/2018 – que deu nova redação à Lei 13.914/2011 – na cidade de Curitiba.

Os cães foram encaminhados para a ONG Somos Amigos dos Animais, que fica como fiel depositária e é credenciada junto à Rede. Ainda não haverá destinação para adoção. É preciso aguardar o processo administrativo e o tratamento dos animais, que foram avaliados por veterinários da Rede de Proteção.

O responsável pelo imóvel foi autuado em R$ 5 mil.

Como denunciar - A população pode denunciar esse tipo de prática de criação ilegal pela Central 156. “Optar pela adoção também é uma forma eficiente. Ao escolher comprar, é fundamental conhecer a origem para evitar que venham de canis clandestinos”, alerta o diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo.

A Prefeitura conta com uma campanha permanente de adoção de cães e gatos no Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar). O centro fica na Rua Lodovico Kaminski, 1.381, CIC, e funciona de todos os dias, das 9 horas às 12 horas e das 14 horas às 16h30.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES