Publicidade
Viagens de verão

Dez dicas para fazer boas fotos em viagens

Dias nublados acabam ressaltando as cores e os personagens das fotos
Dias nublados acabam ressaltando as cores e os personagens das fotos (Foto: Divulgação)

O que você precisa para tirar uma boa foto? Alguns precisam de uma ótima câmera, outros querem um lugar perfeito, já outros exigem uma boa modelo. No caso do fotógrafo Vagner Carvalho, entretanto, trata-se de mais do que o ambiente ao redor, mas sim da sua visão e de como você pode aproveitá-lo.
Vagner Carvalho relata que percebia algo diferente em fotos tiradas em viagens internacionais: “Algo em Paris e Londres fazia toda a diferença nos meus ensaios internacionais. Diferente de outros países, o que mais gostei de fotografar foi na França e na Inglaterra, pois percebi que lá nos dias nublados, as cores sempre ressaltavam e deixavam meus retratos ainda mais belos.”
Logo, se você está pensando em viajar para aproveitar o período de férias escolares antes do carnaval ou tem alguma viagem programada por neste período, siga as dicas do fotógrafo Vagner Carvalho para aproveitar o máximo do ambiente para fazer boas fotos de viagem.

Dicas de profissional para fazer fotos nas viagens

Iluminação
Muitas pessoas acreditam que quando se tem muito sol, é o dia perfeito para suas fotos, se engana quem ainda tem esse pensamento. Logicamente que ter dias claros fazem toda a diferença, porem os raios solares inibem muito as cores atuais. Quando for fazer suas selfies evitem fotografar entre os horários das 11h as 15h. Dê preferência para horários em que os raios solares não estão tão fortes.

Melhor Horário para fotos
Sempre fotografo entre as 8h e 10h30 da manhã ou entre as 16h30 e 18h30. Aproveite ao máximo a iluminação natural. Como em países da Europa, por exemplo, a incidência solar é diferente do Brasil, o efeito proporcionado pela luz ambiente é diferente.

Looks
Use looks descontraídos e que combinem com o ambiente. Canelas a mostra sempre são bem vindas também. Naturalmente se você vai fotografar em pleno inverno, pode ser mais difícil.

Objetivo
Escolha ambientes que não tenham muitas cores quando o foco é você. Muitas cores tiram a atenção do observador, causando muita informação visual. Procure ambientes com menos cores e menos informação visual para que você possa se destacar.

Cores ideais
Busque ambientes em tonalidades de cores que combinem com seu look. Procure associar o que você está vestindo com o ambiente em que voce vai fotografar, cores que combinem.

Registre momentos casuais do dia a dia
Isso interessa muito às pessoas. As redes sociais existem porque as pessoas querem saber do dia a dia das outras, sejam amigos, anônimos ou celebridades.

Cuidado com as selfies
Escolher o melhor ângulo para selfies é fundamental. Fotos da câmera frontal costumam engordar o rosto e distorcer proporções, já que não apresentam a mesma qualidade, distância focal e profundidade das fotos da câmera traseira do smartphone. Invista algum tempo testando ângulos e posições, e poste o seu melhor take.

Seja natural
A internet está cheia de fotos forçadas, manipuladas em programas de edição e nada espontâneas. Procure ser natural, sem forçar poses e os chamados “carões”. Se tiver de retocar as fotos, que seja pouco, para que não fique tão diferente a ponto de não te reconhecerem na rua. Os retoques existem e são bem vindos, como ajuste de cores, saturação, temperatura e detalhes, mas precisam ser usados com moderação e bom senso.

Tenha um tripé portátil
Existem disponíveis pequenos tripés, de material flexível, que tem o suporte com a medida certa para o seu smartphone. Eles são leves, pequenos (cabem na mochila) e muito úteis. O famoso pau de selfie também pode ser útil, mas muitas pessoas não gostam de usá-lo por diversos motivos, inclusive a falta de estabilidade.

Use o temporizador
Todos os smartphones têm temporizador para fotos. Você pode colocar o aparelho apoiado no seu tripé portátil a uma certa distância, e acionar o temporizador para 10 segundos, e posar no cenário.

DESTAQUES DOS EDITORES