Rubro Negro

Diretoria descarta trazer Jucilei

O Atlético não tem interesse em contratar a principal revelação do Campeonato Paranaense, o versátil Jucilei, do J.Malucelli. O jogador, de 21 anos, atua como volante, meia ofensivo ou ala.
O presidente do Atlético, Marcos Malucelli, explicou que não está procurando volantes. “Para essa posição vamos usar jogadores da casa, como o Fransérgio, o Renan, o Douglas Maia”, declarou à rádio CBN. “O Atlético não está atrás do Jucilei. É um grande jogador, revelação do campeonato paranaense. Mas não há qualquer interesse”, comentou.
O presidente de honra do J.Malucelli, Joel Malucelli, confirmou que o Atlético não demonstrou interesse. “Eles não nos procuraram”, disse. No entanto, contou que a disputa pelo atleta é intensa. “O jogador e o procurador já receberam mais de 30 ligações”, comentou. “Há contatos de vários clubes do Brasil.
Grêmio, Internacional, Flamengo, Santos, Corinthians...”, citou Malucelli. O Coritiba também começou uma negociação e demonstrou interesse em outros atletas do Jotinha.
Marcos Malucelli descartou ainda a contratação do atacante Neto Berola, do Itabuna, artilheiro do campeonato baiano. “Nem sabia que ele existia”, ironizou. A informação foi divulgada pela imprensa baiana.
O dirigente, porém, admitiu que o atacante Otacílio Neto, encostado no Corinthians, faz parte da lista de reforços. “Há o nome dele entre os que buscamos. A princípio nos interessa”, contou.
A prioridade, segundo o presidente do Atlético, é contratar jogadores para o setor ofensivo. “Buscamos reforços do meio para frente”, disse. E descartou a procura por novos laterais. “Na direita, o Nei está voltando. Na esquerda, o Márcio Azevedo está sendo avaliado. E tem o Alex (Sandro). Vamos esperar ele voltar da seleção brasileira (sub-18)”, explicou.

Ataque, tô fora!
O meia-atacante Marcinho afirmou que não ser escalado novamente no ataque. “Não. Não vou, não”, disse. “Para isso, tem o Wallyson, tem o Wesley. Eu nasci para ser meia-atacante e para servir eles.  Sou garçom”, declarou. “Claro que se eu tiver a oportunidade de marcar, vou fazer gol. Dificilmente eu perco. Mas minha origem é meia”, comentou. “Durante o jogo, até pode ser. Mas para começar a partida, de cara, prefiro que o Geninho entre com um atacante Tem o Wesley, o Wallyson, o Preá, o Lima”, explicou.