Publicidade

Disputa entre Índia e Paquistão pela Caxemira deixa dois mortos e seis feridos

Forças indianas e paquistanesas entraram em confronto na altamente militarizada fronteira entre os dois países, onde fica a disputada região da Caxemira, deixando dois mortos - sendo um soldado paquistanês - e seis feridos.

Os dois vizinhos do sul da Ásia trocam tiros regularmente ao longo da chamada Linha de Controle, que divide a província da Caxemira reivindicada pelos dois países. O administrador local paquistanês Raja Tariq disse que o bombardeio atingiu aldeias na área de Nakyal e matou uma mulher e feriu outras seis.

A polícia e autoridades locais disseram que incêndios indianos em outros setores da Caxemira administrada pelo Paquistão também destruíram uma casa, danificaram parcialmente uma escola e atingiram um galpão para vacas e cabras, resultando na morte dos animais.

As forças armadas do Paquistão também disseram que as tropas indianas abriram fogo sem serem provocadas no setor de Hajipir, matando um soldado. As tensões entre os dois países com arsenal nuclear aumentaram desde o dia 5 de agosto, quando a Índia rebaixou a autonomia de seu lado da Caxemira e impôs mais controles na área.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES