Publicidade
Da telona para a telinha

E se o cinema migrar todo para o streaming? Isso começa a acontecer

Trolls 2’: previsto para estrear no cinema em 10 de abril, vai sair direto no streaming
Trolls 2’: previsto para estrear no cinema em 10 de abril, vai sair direto no streaming (Foto: Divulgação)

Com as recomendações médicas de não sair de casa, para controle do coronavírus, algumas estreias de filmes nos cinemas foram adiadas para outros meses e até mesmo para o próximo ano.Além do fator de não aglomeração nos lugares, como cinemas e pontos de distribuição dos filmes, algumas filmagens tiveram que ser canceladas e adiadas, por isso da mudança das datas.

Até agora, o mercado da sétima arte já deixou de arrecadar US$ 5 bilhões. Metade desse valor corresponde ao fato de a China ter fechado, desde janeiro, suas 60 mil salas de cinema. Mas o prejuízo pode ser ainda maior e chegar aos US$ 15 bilhões. As demissões já começaram: 120 mil funcionários do setor foram mandados embora.

Por outro lado, um levantamento da Nielsen estima que a procura por serviços de streaming crescerá 60% durante essa crise. Na última terça-feira (24), a Netflix superou a Disney em valor de mercado. Enquanto as ações da empresa do Mickey despencaram 40%, as da plataforma de streaming cresceram 9%. A Netflix ficou valendo US$ 158 bilhões; a Disney, US$154,8 bilhões.

Quem assina Sky tem acesso a varios filmes e séries.

Diante da crise, os estúdios modificam a sua estratégia. A Universal foi a primeira: seus filmes de suspense ‘The Hunt’ e ‘O Homem Invisível’, que estrearam em março, já estão disponíveis nos Estados Unidos para serem alugados online. E a continuação da animação ‘Trolls, 2’ prevista para estrear em 10 de abril, passará longe das telonas: vai sair direto na internet.

Leia a matéria completa no Barulho Curitiba

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES