Publicidade

Economia/Guaranys: estamos contratando estudos para privatização dos Correios

O momento não é adequado para a venda de empresas, mas o governo não abandonou seus planos de concessões e privatizações, disse nesta terça-feira, 26, o secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys.

Ao responder a uma pergunta sobre a retomada do programa de desestatização, o secretário disse que todos os planos continuam e informou que o governo está contratando estudos, nessa direção, para a venda dos Correios.

"Nossa diretriz é seguir fazendo o trabalho que fazíamos antes da crise. O que estava no pipeline segue. Hoje, não é o momento adequado para privatizações. Daqui três meses, a situação pode ser outra", disse Guaranys durante uma live promovida pelo KPMG.

Ele salientou que, embora seja cedo para entender todos os efeitos e a duração da crise do coronavírus, o governo tem grande interesse no programa de privatizações e concessões, sendo este um pilar das reformas administrativas e fiscal, dada a possibilidade de enxugar despesas com estatais não lucrativas e usar os recursos no pagamento da dívida pública.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES