Publicidade
Copa do Brasil

Elenco de 2020 começa a criar 'identidade', diz técnico do Paraná Clube

Allan Aal e o auxiliar Lúcio Flávio conversam durante treinamento do Paraná Clube
Allan Aal e o auxiliar Lúcio Flávio conversam durante treinamento do Paraná Clube (Foto: Divulgação/Paraná Clube/Rui Santos)

O técnico do Paraná Clube, Allan Aal, destacou o momento positivo vivido pela equipe nessa semana. “Um período muito positivo. Contra o Athletico, conseguimos manter o planejamento (de poupar titulares), e os jogadores deram uma resposta muito positiva. Com esse tipo de circunstâncias forçadas pelo calendário, você acaba fortalecendo o grupo. A gente vem criando uma identidade e um perfil que acredito muito que vão dar um resultado positivo”, declarou o treinador, após a vitória de 2 a 0 sobre o Palmas, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Agora, na segunda fase, o time vai enfrentar o Bahia de Feira, que eliminou o Luverdense. No campeonato estadual, o Bahia de Feira venceu o Doce Mel, empatou com o Fluminense de Feira e perdeu duas (para Bahia e Jacuipense).

Na segunda fase da Copa do Brasil, o jogo será na Vila Capanema e não há vantagem de jogar pelo empate. Se o placar terminar empatado, a decisão da vaga será nos pênaltis. As datas reservadas para a segunda fase são 19 e 26 de fevereiro e 4 de março.

“O objetivo não é só passar a primeira fase. Temos um compromisso importante contra o Cianorte. A gente precisa voltar a vencer dentro de casa. Tem que ter esse equilíbrio. A partir de amanhã (quinta), a gente já vira a chave e vai amadurecendo. O jogador tem que estar preparado”, declarou Allan Aal.

O Paraná está em oitavo lugar no Paranaense. Os oito primeiros avançam para as quartas de final. O próximo jogo será domingo, contra o Cianorte, na Vila Capanema.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES