Publicidade
Pandemia

Em 1ª semana cheia após decreto, Curitiba vê queda em mortes por Covid-19 e em ocupação de UTIs

(Foto: Reprodução)

Curitiba registrou, nesta sexta-feira (10), um total acumulado de 9298 casos e 233 mortes por coronavírus. Somente nesta sexta, foram 454 ocorrências e 7 óbitos contablizados. Contudo, na luta contra a Covid-19, a cidade viu uma melhora em dois aspectos. Houve queda na média de mortes na semana e na ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para Covid-19, de acordo com o boletim da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba. Esta foi a primeira semana em que um decreto com regras mais rígidas de circulação de pessoas era válido para todos os dias. O decreto entrou em vigor em 1º de julho, no meio da semana epidemiológica anterior.

A última semana epidemiológica considerada pela Secretaria vai de 5 de julho (o último domingo) a 11 de julho (o próximo sábado). Mesmo assim, nesses seis dias houve queda no número de mortes em relação ao mesmo período anterior. Na semana de 28 de junho a 4 de julho, foram 49 óbitos, uma média de 7 por dia. Do dia 5 até esta sexta-feira (10), houve 33 mortes, média de 5,5 nos seis dias do período. Para a média da semana igualar a semana anterior, Curitiba teria que registrar 16 óbitos no boletim deste sábado – até agora, o recorde da cidade para um único dia é de 15, no dia 2 de julho.

Além disso, Curitiba teve uma queda na ocupação de leitos de UTI exclusivos para Coronavírus, de acordo com a Secretaria. Nesta sexta-feira, o índice era de 85%. Embora alta, é a menor taxa desde o dia 2 de julho – na ocasião, de 82%. Desde então, o índice sempre esteve acima de 85%, com picos de 89% nos dias 8 e 9 de julho. A Secretaria diz que Curitiba está com 293 leitos de UTI ativados.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES