Publicidade
Campeã dos deliverys

Em cinco anos, número de pizzarias cresce 44,5% em Curitiba

Uma infinidade de sabores. Massa fina ou grossa, formato redondo, quadrado ou até mesmo em cone. Não é de hoje que a pizza é uma paixão nacional. Mas nos últimos anos, principalmente por conta da evolução dos aplicativos de delivery, o mercado sofreu alterações significativas, ao ponto de nunca ter feito tanto sentido a máxima de que no Brasil “tudo acaba em pizza”.
Uma prova disso é que o setor, mesmo num momento de recessão no país, não para de crescer. De acordo com dados da Vigilância Sanitária de Curitiba, em 2013 haviam 393 pizzarias na Capital. Cinco anos depois, o número de estabelecimentos na cidade cresceu 44,5%, chegando a 568.
E se o setor segue crescendo, isso se deve em grande parte aos serviços de delivery, uma vez que 80% dos pedidos feitos nos estabelecimentos consultados pela reportagem eram para entrega. “É fundamental (o serviço). Hoje, acredito que as pizzarias não sobrevivam sem o delivery, que é também uma forma mais prática de vender”, explica Murilo Pietrochinski, proprietário da Pizzaria Calabria’s, no bairro Boqueirão.
Não é para menos. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurante (Abrasel), os serviços de entrega foram dos que mais cresceram nos últimos anos. Dados da Abrasel mostram que o setor fechou 2017 com faturamento acima dos R$ 10 bilhões, sendo que a pizza lidera absoluta com relação ao número de pedidos.
Uma pesquisa encomendada pela PedidosJá junto ao Instituto Ipsos, por exemplo, revelou que a redonda lidera em número de solicitações com ampla folga, respondendo por 57% dos pedidos. 
Um outro estudo, feito pelo iFood, apontou cenário parecido. De acordo com o relatório “Revolução Delivery”, as novas formas de se entregar comida “popularizaram de vez o consumo de pizza no Brasil”, sendo que 26% dos pedidos recebidos aos domingos são pizzas. Entre 2012 e 2017 a procura por outros tipos de cozinha foi de mais de 20%, mas ainda assim o estudo concluí que “desbancar a pizza - preferida do Brasil - será difícil.”
Mais: nas duas plataformas, as pizzarias são a maioria. No site do iFood estão cadastradas 281 empresas curitibanas, das quais 65 são pizzarias ou trabalham com pizzas - o equivalente a 23,13% do total. Já no site da Pedidos Já estão listados 126 restaurantes de Curitiba, sendo que 55 desses estabelecimentos (43,7% do total) comercializam a redonda.

Dia da Pizza
Foi  a partir de uma iniciativa paulista que 10 de julho acabou por se consagrar como o Dia da Pizza. É que em 1985 o então secretário de Turismo de São Paulo, Caio Luís de Carvalho, promoveu um concurso estadual que elegeria as 10 melhores receitas de mussarela e margherita. Empolgado com o sucesso da iniciativa, o secretário escolheu a data de seu encerramento como data oficial de comemoração da redonda.

Comidas mais pedidas para entrega

1º    Pizza
2º    Lanches
3º    Comida Japonesa
4º    Comida Chinesa
5º    Comida italiana (massas em geral)
 

DESTAQUES DOS EDITORES