Série B

Em jejum de 385 minutos, Paraná Clube joga hoje contra time de 'mando invertido'

Luiz Otávio: volante foi improvisado como extremo pela direita na última partida
Luiz Otávio: volante foi improvisado como extremo pela direita na última partida (Foto: Divulgação/Paraná Clube/Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube tenta nesta sexta-feira (dia 30) às 19h15 encerrar com um jejum de 385 minutos sem marcar gols na Vila Capanema. A chance de acabar com essa seca de gols será contra o Vila Nova, que está na zona de rebaixamento da Série B.

Apesar de estar em 17º lugar na competição, o Vila Nova é um visitante chato. Na verdade, é uma equipe que conseguiu inveter a lógica do mando de campo. Somou mais pontos fora de casa do que como mandante. Foram oito pontos em casa (1 vitória, 5 empates e 3 derrotas) e 12 pontos longe de Goiânia (3 vitórias, 3 empates e 4 derrotas).

O Vila Nova já marcou nove gols como visitante na Série B, enquanto o Paraná Clube só fez quatro gols nas nove partidas na Vila Capanema. O último gol como mandante do Tricolor foi aos 20 minutos do segundo tempo, com o zagueiro Leandro Almeida, na vitória por 2 a 1 sobre o Bragantino. Depois daquela partida, foram mais quatro jogos inteiros sem marcar gols: derrota por 1 a 0 para o Sport e três empates em 0 a 0 (América-MG, Atlético-GO e Criciúma). São 385 minutos de jejum.

Com esse desempenho, o Paraná hoje é o segundo pior ataque entre os mandantes, com apenas quatro gols na Vila Capanema. O pior é o próprio Vila Nova, com três gols em nove partidas.

ESCALAÇÃO
O centroavante Rafael Furtado deixou o último jogo lesionado e ainda é dúvida para a partida de hoje. Se não tiver condições, será substituído por Jenison. As baixas confirmadas são os meias Fernando Neto e Matheus Anjos, ambos lesionados.

No último jogo, a novidade foi o volante Luiz Otávio improvisado como extremo (meia ofensivo pelo lado do campo) pela direita. Antes, João Pedro vinha jogando nessa posição. Contra o Botafogo-SP, João Pedro atuou centralizado. Uma possibilidade para hoje é o meia Alesson entrar centralizado, João Pedro ficar como extremo pela direita e Luiz Otávio retornar para a posição de volante. Com isso, Jhony Douglas voltaria para o banco.

Já o Vila Nova vai repetir a escalação da última rodada.

PARANÁ x VILA NOVA
Paraná: Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Leandro Almeida, Rodolfo e Guilherme Santos; Jhony Douglas (Alesson) e Itaqui; Luiz Otávio, João Pedro e Bruno Rodrigues; Jenison (Rafael Furtado). Técnico: Matheus Costa
Vila Nova: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Wesley Matos, Diego Jussani e Romário; Edinho, Tinga e Alan Mineiro; Robinho, Gustavo Henrique e Benitez. Técnico: Marcelo Cabo
Árbitro: Jonathan Antero Silva (RO)
Local: Vila Capanema, sexta-feira às 19h15