Campeonato Paranaense

Em jogo de pênaltis polêmicos, Athletico escala time misto e empata com o Maringá

(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)

O Athletico Paranaense empatou em 2 a 2 com o Maringá, nesse domingo (dia 9) à tarde, na Arena da Baixada, pela 9ª rodada do Campeonato Paranaense. Com o resultado, o time da capital ficou na 6ª posição, com 13 pontos. A equipe do Interior agora está em 9ª lugar com 9 pontos.

Ao final das 11 rodadas da primeira fase, os oito primeiros colocados avançam para as quartas de final. Os dois últimos são rebaixados.

Nas duas últimas rodadas, o Athletico recebe o Londrina (na próxima quarta-feira, na Arena) e vai até Toledo.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Athletico.

INVENCIBILIDADE
O Athletico tem uma invencibilidade de seis anos contra o Maringá. A última derrota para esse adversário foi em 2015, na Arena, pelo placar de 2 a 1. Depois daquele duelo, foram 5 jogos: 1 empate e 4 vitórias do Furacão.

BOA FASE
O Maringá não sofreu derrotas nas últimas 5 rodadas, com vitória sobre o Cianorte e empates com FC Cascavel, Operário, Paraná e Athletico.

ARTILHEIROS
O centroavante Vinícius Mingotti marcou um gol na partida e agora soma dois em 17 jogos na carreira profissional. O meia Nikão fez um dos gols do jogo e agora tem 37 em 260 partidas pelo Athletico. Os dois jogadores ainda não tinham marcado na temporada 2021.

ESCALAÇÃO
O time da capital mesclou aspirantes com reservas e titulares do elenco principal. Quem comandou a equipe foi o técnico Bruno Lazaroni, dos aspirantes. Ele escalou um titular do elenco principal, o meia Nikão, que está suspenso para o próximo jogo da Copa Sul-Americana. E levou a campo seis aspirantes (Anderson, Lucas Halter, Kawan, Denner, Jáderson e Mingotti). Completaram o time quatro reservas da equipe principal: Marcinho, Aguilar, Marcio Azevedo e Alvarado. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com Nikão (centro), Jaderson (esquerda) e Denner (direita) na linha de três.

PÊNALTIS POLÊMICOS
O Maringá teve dois pênaltis polêmicos a favor na partida. Os dois foram convertidos. No primeiro tempo, a bola bateu no braço de Alvarado. A imagem da TV, porém, dá a impressão que o jogador do Athletico não chegou a ver a bola, e que estava com o braço 'colado' no corpo. Ou seja, a impressão inicial é que não houve penalidade.

No segundo tempo, o árbitro marcou pênalti de Lucas Halter em Gedeilson. A imagem da TV mostra que o zagueiro deu carrinho e tocou na bola, mas atingiu o adversário ao mesmo tempo. O Athletico reclamou que não houve falta. O lance depende de interpretação.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi equilibrado. O Athletico mostrou fragilidade na defesa, com erros individuais frequentes, e problemas na marcação. Com a posse de bola, levou algum perigo em quatro momentos (um escanteio de Nikão, uma bola longa de Denner, uma cobrança de falta de Nikão e um cruzamento de Jáderson). O Maringá teve facilidade para atacar pelas duas pontas e contou com boas jogadas do meia Bassani. O time do Interior acertou a trave aos 30, em cobrança quase perfeita de Bassani. E chegou ao gol aos 35, em pênalti cobrado por Bassani. Além desses dois ataques, o Maringá criou mais duas boas jogadas ofensivas – uma com Carlinhos e outra com Robertinho. O Athletico chegou ao empate aos 48, em cruzamento de Márcio Azevedo, desvio da zaga e chute acrobático de Nikão.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, Kleiton entrou no lugar de Marcinho. O Maringá recuou e levou pressão. O Athletico virou para 2 a 1 já aos 6 minutos, em cruzamento de Nikão e cabeceio preciso de Mingotti. O Athletico tentou administrar o placar e não conseguiu. Aos poucos, o time do Interior começou a se soltar em campo e chegou ao empate aos 32. Lucas Halter derrubou Gedeilson com um carrinho, na área. Pênalti. Bassani cobrou de novo e converteu: 2 a 2. Confuso em campo, o Athletico não conseguiu reagir.

ATHLETICO 2x2 MARINGÁ
Athletico: Anderson; Marcinho (Kleiton), Aguilar, Lucas Halter e Marcio Azevedo (Vinicius Kauê); Alvarado e Kawan; Nikão, Denner (Jajá) e Jáderson (Reinaldo); Mingotti . Técnico: Bruno Lazaroni
Maringá: Lucas Alves; Gedeilson, Rafael Castro, Vilar e Carlinhos (Ebere); Parrudo (Danilinho), Cazonatti e Bassani (Brito); Queven, Robertinho (Moraes) e Daniel Bahia (Vinícius Faria). Técnico: Jorge Castilho
Gols: Bassani (35-1º e 32-2º), Nikão (48-1º), Mingotti (6-2º)
Cartões amarelos: Nikão, Jajá (A). Vilar, Parrudo, Vinicius Faria (M)
Árbitro: Leonardo Polatti Anad Portella
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
5 - Falta perto da área. Nikão cobra com um chute forte. A bola passa perto.
8 - Denner lança. Jaderson domina na árae e rola para Nikão, que chuta. A zaga bloqueia.
17 - Carlinhos cruza. A bola chega com perigo na pequena área. Anderson corta antes que Bahia finalize.
21 - Gedeilson lança. Lucas Halter e Azevedo furam. A bola sobra para Robertinho, na área. Ele chuta para fora.
30 - Falta na intermediária. Bassani cobra com um chute forte e acerta a trave.
31 - Nikão bate escanteio. Lucas Halter cabeceia perto, sobre o gol.
34 - Após cruzamento de falta, a bola bate no braço de Alvarado. O árbitro marca pênalti. Lance polêmico.
35 - Gol do Maringá. Bassani cobra no centro. Anderson cai para a esquerda.
41 - Márcio Azevedo cruza na medida. Mingotti cabeceia perto, ao lado.
43 - Jaderson cruza. A bola sobra para Nikão, na pequena área. Ele chuta para fora.
48 - Gol do Athletico. Marcio Azevedo cruza. A bola desvia na zaga e sobra para Nikão, na área. Ele finaliza com um voleio acrobático e acerta no canto. Golaço.

Segundo tempo
6 - Gol do Athletico. Nikão cruza da esquerda. Mingotti cabeceia no canto.
31 - Gedeilson recebe na área e é derrubado por carrinho de Lucas Halter. Pênalti.
32 - Gol do Maringá. Bassani chuta forte, no alto. Anderson não alcança.