Em lixão, crianças disputam comida com urubus

Promotores de Justiça do Núcleo Cível de Parnaíba fizeram uma visita de inspeção ao lixão da cidade nesta quinta-feira (24) e encontraram crianças frequentando e trabalhando no local. Segundo informou o promotor Cristiano Peixoto, alguns jovens até mesmo disputavam alimento com urubus.

A inspeção foi feita após denúncias apontarem que haveriam crianças e adolescentes no lixão, catando os resíduos e se alimentando deles. Os representantes do Ministério Público também apuraram os danos causados ao meio ambiente.

Em entrevista ao G1, Peixoto afirmou que as crianças dividem alimentos estragados com animais. Ele ainda apontou o triste caso de uma mãe que estava no local com os quatro filhos menores.

Quando chegamos ao lixão percebemos uma mulher com os quatro filhos disputando alimento com os urubus. Eles vivem em condições absurdas, sem o mínimo de higiene, disse.

Segundo o promotor, as famílias que estavam no local recebem o Bolsa Família. Agora, a situação será devidamente apurada. As famílias serão chamadas para prestar esclarecimentos e soluções, em reunião na próxima quarta-feira, dia 30, informou Peixoto.

O Ministério Público também notificará a Prefeitura do Município, para prestar esclarecimentos sobre a construção do aterro sanitário, que deve estar construído até agosto de 2014, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei n˚ 12.305/2010).