Brasileirão

Em noite de estreias, Coritiba faz 'jogo do ano' e atropela o Palmeiras

Rodrigo Muniz e Robson comemoram gol do Coritiba contra o Palmeiras
Rodrigo Muniz e Robson comemoram gol do Coritiba contra o Palmeiras (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba venceu por 3 a 1 o Palmeiras, nessa quarta-feira (dia 14) à noite, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 15º lugar, com 16 pontos, um ponto acima da zona de rebaixamento (ZR). A equipe paulista está na 7ª colocação, com 22 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Em relação ao desempenho, foi a melhor partida do Coritiba em 2020. O time apresentou organização defensiva, intensidade física, boas trocas de passes no meio-campo e precisão nos momentos decisivos. O Palmeiras repetiu o futebol da 'Era Luxemburgo', com raras boas jogadas e muita apatia em campo.

O técnico Jorginho promoveu três estreias no Coritiba: Henrique Vermudt e Rodrigo Muniz foram titulares. Mattheus Oliveira entrou no segundo tempo.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES - notas para os jogadores do Coxa.

FASES
Os dois times somaram os mesmos pontos nas cinco rodadas antes do confronto dessa quarta-feira. Ambos tiveram dois empates, duas derrotas e uma vitória nas cinco partidas anteriores.

ARTILHEIRO
Robson marcou mais dois e segue isolado como artilheiro do Coritiba em 2020, com 9 gols em 30 jogos. Ele é o goleador do Coxa no Brasileirão com 5 gols em 16 jogos. O meia Giovanni Augusto fez o o outro gol do Coxa contra Palmeiras — foi o primeiro dele pelo clube.

ESCALAÇÃO DO CORITIBA
As ausências no Coritiba eram Nathan Silva (suspenso), Matheus Sales (cláusula contratual), Rodolfo Filemon (Covid), Jonathan (Covid), Rhodolfo (lesão), Cerutti (visto de trabalho), Rafinha (lesão) e Nathan Ribeiro (lesão). O veterano Ricardo Oliveira ficou no banco.

Uma das novidades era a estreia profissional do zagueiro Henrique Vermudt, 21 anos, revelado na base. A outra era a estreia do centroavante Rodrigo Muniz, 19 anos, emprestado pelo Flamengo.

O esquema tático era o 4-2-3-1, com Sasse (direita), Giovanni (centro) e Robson (esquerda) na linha de três do setor ofensivo.

ESCALAÇÃO DO PALMEIRAS
Os desfalques do Palmeiras eram Luan, Luan Silva, Gustavo Gómez e Vinã. Luxemburgo promoveu a estreia profissional do zagueiro Renan, 18 anos. O esquema tático era o 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo teve grande performance do Coritiba, que marcou forte com postura avançada, fez boas tabelas pelo centro e atacou com intensidade. O time abriu o placar já aos 7, em boa jogada de William Matheus, Yan Sasse e Giovanni Augusto finalizada por Robson. Mesmo à frente no placar, continuou atacando. E fez 2 a 0 aos 23, em bom passe de Galdezani e chute perfeito de Robson, da meia-lua. Aos 34, Luxemburgo fez duas substituições no Palmeiras, com as entradas de Ramires e Willian. O Palmeiras era apático em campo, mas conseguiu diminuir o placar aos 37, em belo passe de Patrick de paula para Veron. O Coxa ainda perdeu a chance do 3º gol aos 47, quando Robson saiu na cara do gol, mas Weverton abafou.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, Jorginho tirou Yan Sasse e colocou Gabriel. Luxemburgo fez mais duas trocas, colocando Danilo e Rony. O Palmeiras avançou e conseguiu empurrar o adversário para trás, mas teve dificuldades para finalizar. Aos 18, duas trocas no Coxa, com as entradas de Neilton e Matheus Bueno. Aos 19, o 3º gol do Coritiba, com boa arrancada de Hugo Moura, cruzamento perfeito de Robson e finalização de Giovanni Augusto. Aos 24, saiu Vermudt e entrou o volante Ramón Martínez.

Aos 36, Jorginho promoveu a estreia do meia Mattheus Oliveira, filho de Bebeto, emprestado pelo Sporting Lisboa.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Coritiba somou 12 finalizações (9 certas), 46% de posse de bola, 77% de acerto nos passes e 2 escanteios. O Palmeiras obteve 16 finalizações (5 certas), 54% de posse de bola, 81% de acerto passes e 6 escanteios. Os números são do site Sofascore.

PALMEIRAS 1x3 CORITIBA
Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha (Rony), Felipe Melo, Renan e Lucas Esteves (Willian); Patrick de Paula (Danilo) e Gabriel Menino; Zé Rafael (Ramires), Gustavo Scarpa e Gabriel Veron; Luiz Adriano (Raphael Veiga). Técnico: Luxemburgo
Coritiba: Wilson; Natanael, Henrique Vermudt (Ramón Martínez), Sabino e William Matheus; Hugo Moura e Galdezani (Matheus Bueno); Yan Sasse (Gabriel), Giovanni Augusto e Robson (Mattheus Oliveira); Rodrigo Muniz (Neilton). Técnico: Jorginho
Gols: Robson (7-1º e 23-1º), Veron (37-1º), Giovanni Augusto (19-2º)
Cartões amarelos: Yan Sasse (C). Zé Rafael, Felipe Melo, Veron (P).
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Local: Allianz Parque, em São Paulo

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
7 - Gol do Coritiba. Yan Sasse rola para Giovanni Augusto, que cruza rasteiro. Robson entra na 2ª trave e chuta no canto.
15 - Yan Sasse chuta de longa distância e acerta o ângulo. Weverton espalma para escanteio.
17 - Marcos Rocha cruza rasteiro. Luiz Adriano quase alcança.
21 - Yan Sasse cai na meia-lua e reclama que foi derrubado por Renan. O árbitro nada marca.
23 - Gol do Coritiba. Galdezani parte pelo centro e passa para Robson, na meia-lua. Ele chuta e acerta o canto. 
35 - Rodrigo Muniz chuta de fora da área. A bola vai ao lado.
37 - Gol do Palmeiras. Depois de lambança da defesa do Coxa na área. Patrick de Paula pega rebote fora da área e lança com estilo para Veron, que sai na cara do gol e chuta.
47 - Yan Sasse dribla um e chuta prensado. A bola sobra para Robson, na cara do gol. Weverton sai bem e abafa o chute.
49 - Robson cai na área ao ser desarmado na área por Renan e pede pênalti.

Segundo tempo
8 – Falta na esquerda. Robson bate no canto. Weverton agarra.
15 – Rony cruza da direita. Veron cabeceia perto, ao lado.
19 – Gol do Coritiba. Hugo Moura dispara e aciona Robson na ponta-esquerda. Ele cruza e Giovanni Augusto, de carrinho, manda para o gol.
22- Robson dispara, invade a área, finta Felipe Melo e chuta fraco. Weverton segura.
26 – Willian tabela com Luiz Adriano, recebe na cara do gol e rola para Veron, livre, marcar o gol. Impedimento anotado pelo VAR.
39 – Hugo Moura sai jogando errado. Scarpa chuta de fora da área. A bola passa perto.
40 – Cruzamento da esquerda. Rony entra livre e cabeceia em cima de Wilson.