Publicidade

Em paredão histórico, Felipe Prior é o décimo eliminado do 'BBB 20'

Em um paredão histórico que ultrapassou 1,5 bilhão de votos, Felipe Prior foi o décimo eliminado do Big Brother Brasil 20 na noite desta terça-feira, 31. Com 56,73% dos votos, ele não conseguiu vencer o paredão contra Manu Gavassi, que teve 42,51%, e Mari, que alcançou só 0,76%.

Horas antes do paredão, a Globo já havia contabilizado um bilhão de votos e estava na expectativa de uma audiência significativa. "Muito obrigado pelo engajamento absurdo que este paredão está causando. A gente se encontra à noite com uma edição histórica, uma eliminação histórica, um paredão histórico. E continuem votando!", comemorou o apresentador Tiago Leifert.

A eliminação mobilizou personalidades como a atriz Bruna Marquezine, que estava torcendo para que Manu ficasse na casa, e os atletas que torceram para Prior, como o jogador Neymar e Gabriel Medina.

Após a eliminação, os esportistas chegaram a publicar em suas redes sociais que não iriam assistir mais o BBB 20 por causa da saída de Prior. "Às vezes, o melhor jogador não vence, faz parte do jogo, não levem ao pessoal. Boa sorte aos que restam, pois eu tô fora e não assisto mais", escreveu Neymar. Medina também avisou: "Tchau, BBB. Acabou a graça agora. Foi bom enquanto durou".

Mas nem só Prior teve torcida "ilustre". Manu Gavassi contou com o apoio intenso de Bruna Marquezine, que comemorou ao final do paredão. O ator Bruno Gagliasso também estava na torcida: "finalmente o brasileiro aprendeu a votar", comentou no Twitter.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES