Publicidade
Procon-PR

Em tempos de greve, supermercados podem limitar a venda de produtos?

(Foto: Divulgação)

 Diante do perigo de desabastecimento e da corrida dos consumidores para estocar produtos, vários supermercados do Paraná, como Muffato e Carrefour, têm limitado a quantidade de produtos para compra. Segundo a diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, o órgão tem sido bastante questionado sobre a legalidade desta ação "Neste momento, bastante complicado, greve do caminhoneiros, é possivel a limitação. Ela é legal, até porque visa atender o maior número de consumidores possivel". 

Fora de contexto segundo ela, a limitação de quantidade de produtos nos supermercados pode ser  cartacterizada como abusiva. Cláudia alerta que, mesmo em tempos de crise, há uma regra que os supermercados devem cumprir: "É preciso que os fornecedores informem de maneira clara e prévia a quantidade de produtos que o consumidor pode levar. Por exemplo, cinco caixas de leite por pessoa".

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES