Publicidade
Na Capital

Em três dias, fiscalização faz 159 vistorias e fecha 63 estabelecimentos

Mesmo após duas semanas de orientações e fiscalizações em estabelecimentos comerciais e de serviços, as equipes da Prefeitura voltaram a flagrar casos de descumprimento dos protocolos sanitários de saúde da cidade que está em situação de alerta médio para a propagação da Covid-19 (bandeira Laranja).
Da sexta-feira até o doming, em ações realizadas durante o dia e a noite, 159 locais que haviam sido denunciados pela população foram fiscalizados e 63 precisaram ser interditados.
Somente no sábado e domingo, 76 estabelecimentos foram vistoriados e 17 acabaram interditados, por descumprimento do decreto 810/2020. O documento restringe, neste período, o funcionamento de comércios não essenciais, como bares, lojas, sorveteria, nos fins de semana.
Também foram notificados 16 locais que atendiam os clientes sem garantir o distanciamento social de 1,5 metro entre as pessoas, promovendo aglomeração, sem uso de máscaras e álcool em gel, além de outras medidas estabelecidas na resolução 01/2020.
No sábado, durante o dia, fiscais da Secretaria do Urbanismo e guardas municipais vistoriaram diferentes tipos de comércios no Centro, Santa Felicidade, Orleans, Cascatinha, CIC, Fanny, Lindóia, Novo Mundo, Capão Raso, Pinheirinho, Batel, Ahú, Bacacheri, Rebouças e Bigorrilho.
À noite, durante a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) em parceria com o governo do estado, os fiscais interditaram três bares no Abranches e Campo Comprido.
No domingo, nova ação da Aifu vistoriou nove estabelecimentos e interditou quatro: uma distribuidora de bebidas que desenvolvia atividade de bar, no Bacacheri, uma lanchonete funcionando fora do horário no São Lourenço e um bar no Butiatuvinha.
Equipes da Vigilância Sanitária também seguem agindo para coibir excessos. No período de 22 a 28 de junho foram realizadas 405 inspeções. Durante as incursões dois estabelecimentos foram interditados, além de terem sido registradas 18 infrações e 32 intimações.

País
98 interditados
Do dia 22 de junho até o dia 26, as equipes da Prefeitura realizaram 260 fiscalizações e interditaram 98 estabelecimentos. Bares, lanchonetes e lojas de roupas e acessórios estão entre os estabelecimentos que mais descumpriram, ao longo desta semana, as medidas sanitárias de controle da pandemia da covid-19 estabelecidas pela Prefeitura de Curitiba.
A população pode denunciar o funcionamento irregular de estabelecimentos pela central telefônica 156.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES