Publicidade
Juniores

Em um ano, Paraná Clube aumenta a utilização de pratas-da-casa no profissional

O ponta Andrey: prata-da-casa titular em 2019
O ponta Andrey: prata-da-casa titular em 2019 (Foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube aumentou em 2019 a participação de jogadores revelados nas categorias de base, os chamados “pratas-da-casa”, em comparação com 2018. No ano passado, 24% dos atletas que entraram em campo por partidas oficiais eram ex-juniores do clube. Em 2019, subiu para 27%.

Outra diferença é o time-base usado no início do ano. Em 2018, o Paraná do técnico Wagner Lopes só tinha dois pratas-da-casa como titular nas primeiras rodadas: o volante Leandro Vilela. Nas rodadas seguintes do Paranaense, o ponta Vitor Feijão e o volante Jhonny Lucas, outras revelações da base, também ganharam o status de titular. No entanto, Thiago Rodrigues perdeu a posição para Richard, revelado no São Paulo.

Em 2019, o técnico Dado Cavalcanti já começou o ano com três ex-juniores como titulares: o goleiro Thiago Rodrigues, o volante Luiz Otávio e o ponta Andrey. E outros três pratas-da-casa com presença constante na equipe: o meia-atacante Alesson e os atacantes Keslley e Rodrigo Carioca.

Dos sete jogos de 2019, Rodrigo Carioca e Kessley atuaram em cinco. Alesson jogou nas sete partidas – quatro como titular.

Em 2019, Dado Cavalcanti usou 22 jogadores e seis deles foram revelados na base do Paraná Clube, ou seja, 27%. Em 2018, o clube disputou 52 partidas e escalou 59 atletas — 14 deles eram pratas-da-casa (24%).

O TIME-BASE NO INÍCIO DE 2018
Richard; Júnior, Neris, Charles e Igor; Leandro Vilela e Alex Santana (Jhonny Lucas); Diego Gonçalves (Vitor Feijão), João Paulo e Zezinho; Zé Carlos.

O TIME-BASE NO INÍCIO DE 2019
Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Rodolfo, Fernando Timbó e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Fernando Neto; Andrey, Higor Leite e Alesson (Keslley); Jenison.

DESTAQUES DOS EDITORES