Publicidade
Por causa do coronavírus

Embaixador pede para alemães deixarem o Brasil: 'Situação pode se agravar rapidamente'

O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, pediu, em uma carta publicada na quinta-feira (9 de abril) no site da Embaixada, para que os alemães deixam o país sul-americano e voltem para sua terra natal. O diplomata ainda pediuy urgência no retorno, por conta do rápido avanço do coronavírus no país.

"É sua responsabilidade deixar o país agora e voltar para a Alemanha", escreveu Witschel, que ainda expôs no documento o temor de que a situação no Brasil se agrave rapidamente.

"No Brasil, o número de pessoas infectadas pelo Covid-19, gravemente doentes e mortos, está aumentando rapidamente. Devido a este avanço, há temores de que a situação aqui se agrave rapidamente. Em alguns estados, os sistemas de saúde já estão muito ocupados. Enquanto isso, o risco de se infectar e adoecer está aumentando."

Até o momento, no entanto, não há planos de repatriação de cidadãos alemães que estejam em território brasileiro, conforme a Embaixada.

De toda forma, a medida segue uma recomendação que a embaixada dos Estados Unidos já havia encaminhado aos norte-americanos em 24 de março, quando pediu o retorno mais rápido possível de seus nacionais. Na semana passada, foi vez de o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido atualizar as recomendações de viagens para o Brasil.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES