Publicidade

Embalado, São Paulo enfrenta Athletico-PR em busca da 5ª vitória seguida

Em jogo adiado da 13ª rodada do Brasileiro, o São Paulo enfrenta o Athletico-PR nesta quarta-feira, às 19h15, na Arena da Baixada, em Curitiba. Na partida que não terá transmissão pela televisão, a equipe paulista busca embalar a quinta vitória consecutiva na competição e diminuir para dois a diferença para o líder Santos.

A última vez que o São Paulo venceu cinco jogos seguidos aconteceu entre outubro e novembro de 2013. Na ocasião, a equipe ainda alcançou o sexto triunfo. Para o duelo desta quarta, o time do técnico Cuca chega embalado após ganhar de Chapecoense, Fluminense, Santos e Ceará. O São Paulo está invicto há oito partidas, com quatro vitórias e quatro empates.

Para interromper a sequência do São Paulo, o Athletico-PR conta com um trunfo: a Arena da Baixada, onde só foi derrotado pelo rival uma vez, no ano passado. Desde 1999, quando o estádio foi inaugurado, as equipes se enfrentaram outras 18 vezes, com 13 vitórias do mandante e cinco empates.

O São Paulo só tem a disputa do Campeonato Brasileiro até o fim da temporada, mas adota cautela com as condições físicas dos seus jogadores. O lateral-direito Juanfran, que estreou na vitória sobre o Ceará, deve ser preservado. Antes do duelo de domingo, a última partida dele havia sido no dia 18 de maio, pelo Atlético de Madrid.

Daniel Alves também vinha de um longo tempo sem jogar, desde 7 de julho (final da Copa América), mas deve ser mantido como titular após estrear com o gol que deu vitória sobre o Ceará. A tendência é que Cuca monte novamente a equipe com um meio de campo mais leve, com Tchê Tchê, Liziero e Daniel Alves.

Na frente, Vitor Bueno provavelmente ficará com a vaga de Everton, suspenso. Na zaga, Arboleda volta após cumprir suspensão, enquanto Bruno Alves será desfalque também por ter recebido o terceiro cartão amarelo no último domingo.

O jogo entre Athletico-PR e São Paulo aconteceria originalmente no dia 4 de agosto, mas foi adiado pela CBF porque a equipe rubro-negra tinha viagem marcada ao Japão para disputar a pela Copa Levain, novo nome da Copa Suruga. Na ocasião, o time brasileiro venceu por 4 a 0 e ficou com o título.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES