Coiotes brasileiros

Embarcação com 25 imigrantes fica à deriva por mais de um mês no litoral do Maranhão

(Foto: ivulgação/Governo do Maranhão)

A Capitania dos Portos da Baia de São Marcos, na Região Metropolitana de São Luís (MA), confirmou na manhã de hoje que teve de resgatar uma embarcação com 25 imigrantes à deriva na noite de sábado (19 de maio).

No navio foram encontrados estrangeiros vindos de Senegal, Nigéra e Guiana, além de dois brasileiros, que seriam coiotes - pessoas que transportam imigrante ilegais em troca de dinheiro.

Agora a Polícia Federal investiga se houve crime no transporte desses estrangeiros ao Brasil e avalia também a situação jurídica dessas pessoas. Os imigrantes estariam há 35 dias à deriva no mar quando foram encontrados por pescadores cearenses, que os trouxeram até o litoral do Maranhão.

Já em terra, os estrangeiros foram atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Araçagi, em São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís. Em seguida, foram encaminhados para o Ginásio Costa Rodrigues, na capital do Maranhão, onde receberam refeições e permanecem alojados por tempo indeterminado.