Publicidade
Carreira & Cia.

Empreendedores inovam na combinação das culinárias japonesa e coreana

Empreendedores inovam na combinação das culinárias japonesa e coreana
(Foto: Divulgação)

Não é de hoje que a culinária oriental se tornou uma das mais apreciadas, sobretudo, pela feliz combinação de alimentação saudável, rica em cores e sabores. No entanto, a arte da culinária oriental precisa ser praticada respeitando as características tradicionais de manuseio e conservação dos produtos, impactando diretamente na qualidade. Assim foi pensado o Restaurante Oshin Oriental, um espaço gastronômico artesanal que procura trazer felicidade aos mais exigentes no paladar, além de unir as culinárias japonesa e coreana.


Culinária coreana e resgate de tradição

A ideia do restaurante surgiu quando os proprietários enxergaram que a culinária artesanal estava perdendo as suas tradições no manuseio, porque os pratos foram sendo abrasileirados. Esta foi o principal motivo de empreender o negócio, segundo os proprietários Diego e Bethania."Curitiba tem pouca tradição de culinária coreana, que é bem diferente da japonesa, normalmente com sabor mais acentuado, predominantes em pimenta e alho, pouco conhecidos ainda em Curitiba, diferente de São Paulo".  Para eles, introduzir a culinária coreana em Curitiba e  abrir aos domingos ao meio dia, futuramente, para capacitar ainda mais para trazer  novidades, mantendo a tradição e carinho pelo que fazem, servindo o melhor e priorizando a qualidade para poucas pessoas.


Vivência no exterior 

Como os proprietários viveram no exterior, pesquisaram vários restaurantes da área que atendessem as suas expectativas para observar as falhas e virtudes. “Mas a grande maioria na verdade não conhece o jeito e tradição certa de se preparar e saborear um bom Sushi e Sashimi”, segundo os proprietários. Um dos destaques da casa é o sushi preparado com shari (arroz para sushi), sempre fresco com condimentos especiais, que é um dos segredos da casa. Yakisoba autêntico, da casa, além dos teppanyakis e do frango crocante ao estilo coreano.


Pequeno varejo de produtos para saúde

Além do restaurante, estão à venda produtos coreanos, como o milenar kimchi conserva de acelga apimentada, entre os benefícios para a saúde:
-Melhora a digestão, microflora bacteriana;
-Ajuda a aumentar a imunidade;
-Rico em fibras e baixo em calorias;
-Fornece antioxidantes que pode ajudar a combater o câncer. 

Rua Marques do Paraná, 671-Água Verde- Tel:3779-2626 
De segunda a sábado, das 19:00 às 23:30
www.oshinorientaldelivery.com            www.facebook.com/oshinoriental


Curtas:

  • O executivo da área de finanças Carlos Sviontek reúne nesta terça-feira colegas e empresários num happy hour de conscientização, alertando para a quantidade de impostos pagos pelos cidadãos. O Sunset Café concordou em promover o imposto zero para o chope. De R$ 10,00 vai para R$ 6,00 sem imposto. 
  • No dia 31 de julho acontece em Curitiba a primeira edição do “Connect Idea Experience”. Promovido pela empresa Connect Idea, o evento traz o painel “Inovação para Competitividade nos Negócios”. O  evento contará com a mediação de Danielle Fausto, Coach e Practioner em Programação Neurolinguística, Trainer e Analista Comportamental, Especialista em Gestão Empresarial, e trará palestras de Kelly Azevedo Pereira, Agente de Inovação  / Partner Startse, Victoria Figueira, Psicóloga com especialização em Gestão de Pessoas, e Julio Adriano dos Reis, diretor e consultor organizacional do Instituto Conhecimentum, O evento é gratuito e terá início às 19;00 horas: https://goo.gl/KzCcDy
  • A partir de agosto, a revista UFO, a única publicação brasileira voltada exclusivamente para assuntos relacionados à Ufologia, inicia uma série de encontros intensivos sobre o tema em Curitiba. O primeiro debaterá sobre expolítica e exodireito, uma espécie de diplomacia cósmica, e acontece no dia 4, das 14h às 18 horas, no Hotel Nacional Inn Torres, no centro da capital. Interessados em participar podem se inscrever em www.ufologiabrasileira.com.br. 

Frase:
“Mestre não é aquele que aprendeu a ensinar, mas aquele que ensina a aprender”

(Marcos Soriano)


 


          

DESTAQUES DOS EDITORES