Publicidade

Empresário aponta luta entre os peso-pesados Joshua e Pulev em um transatlântico

O empresário Eddie Hearn revelou, nesta terça-feira, o desejo de realizar a luta entre o britânico Anthony Joshua e o búlgaro Kubrat Pulev em um transatlântico diante de mil convidados no mês de novembro. Todos os envolvidos no evento seriam submetidos a testes da covid-19.

O duelo, previsto anteriormente para 20 de junho, no Estádio do Tottenham,, em Londres, foi adiado por causa da pandemia do coronavírus. Outra opção para o embate no qual estarão em jogo os cinturões dos pesos pesados, versão Associação Mundial (AMB), Federação Internacional (FIB) e Organização Mundial de Boxe (OMB), é a O2 Arena, em Londres, diante de 16 mil espectadores, mas o acerto vai depender de como estará a evolução da doença no Reino Unido nos próximos meses.

"O mundo das lutas está de volta e exigimos uma data por parte de Eddie Hearn. Sabemos que o mundo precisa de um tempo para se recuperar, mas já esperamos muito pela oportunidade e temos pressa", disse o empresário Ivaylo Gotzev, que cuida da carreira de Pule, primeiro colocado no ranking da FIB.

O vencedor entre Joshua e Pulev poderá ser colocado frente ao ganhador entre o norte-americano Deontay Wilder e o britânico Tyson Fury, pelo título do Conselho Mundial de Boxe, provavelmente em 19 de dezembro, no MGM Hotel, em Las Vegas.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES