Publicidade
Dia de limpeza

Equipes intensificam limpeza de ruas e equipamentos atingidos pelo temporal

(Foto: SMCS)

Desde a noite desta quinta-feira (21/2), as equipes da Prefeitura atendem as ocorrências relacionadas à chuva severa que caiu na cidade. Os trabalhos foram intensificados para não prejudicar a prestação de serviços à população e realizados de forma rápida, já que as equipes estavam de prontidão decorrente do alerta de chuvas emitido pela Defesa Civil do estado.

A chuva desta quinta-feira foi atípica. Das 16h às 17h, choveu 69,6 mm em Curitiba, o maior volume, no período de uma hora, já registrado no histórico do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), iniciado em 1997. Durante toda a quinta, foram 119,4 mm de chuva, segundo maior volume registrado em um único dia pelo Simepar.

Principais ocorrências

Nesta quinta, foram registrados na cidade pelo menos 14 pontos de alagamentos nas ruas e 27 quedas de árvores, além de galhos caídos e com risco de queda. Com todas as remoções feitas, durante esta sexta-feira (22/2), equipes trabalham na limpeza dos resíduos deixados. São cerca de 50 pessoas nas ruas para o trabalho. Na área da Limpeza Pública, os trabalhos também aconteceram durante a noite com cerca de 30 pessoas envolvidas.

Na educação municipal, 15 escolas e creches da rede municipal tiveram alagamento nesta quinta-feira. Duas estão fechadas nesta sexta, os CMEIs Vila Macedo (Uberaba) e Meia Lua (Boqueirão).

A equipe técnica da Secretaria Municipal de Obras Públicas já vistoriou os danos causados na esquina da Rua Desembargador Westphalen com a Avenida Visconde de Guarapuava. Os trabalhos de reparo nas galerias e no pavimento começaram nesta sexta-feira pela manhã.

Desde as 7h desta sexta, equipes da Fundação de Ação Social (FAS) estão trabalhando para a limpeza das casas de passagem Jardim Botânico e Plínio Tourinho, alagadas durante o temporal. As pessoas foram encaminhadas para as unidades de acolhimento Campina do Siqueira e Boqueirão, para as casas de passagem Rebouças e Bairro Novo e para vagas emergenciais abertas na República Boqueirão.

 


Atendimento feito por cada área da Prefeitura nesta quinta e sexta-feira
 

Drenagem e pavimento

Além dos R$ 480 milhões em intervenções realizadas e em andamento nas principais bacias hidrográficas para minimizar os efeitos das chuvas, a Secretaria Municipal de Obras Públicas trabalha em atendimentos emergenciais para recuperar os danos causados na galeria e no pavimento da Rua Desembargador Westphalen, na esquina com a Avenida Visconde de Guarapuava, e para desobstruir outras galerias que, por ventura, foram tomadas por entulhos arrastados pela enxurrada. 
A equipe técnica da Secretaria Municipal de Obras Públicas já vistoriou os danos causados pela forte chuva na esquina da Rua Desembargador Westphalen com a Avenida Visconde de Guarapuava. Os trabalhos de reparo nas galerias e no pavimento começam nesta sexta-feira pela manhã.

Fundação de Ação Social

Desde as 7h desta sexta, equipes da Fundação de Ação Social (FAS) estão trabalhando para a limpeza das casas de passagem Jardim Botânico e Plínio Tourinho, na Regional Matriz, alagadas durante o temporal desta quinta-feira. O trabalho garantirá o retorno das atividades nesta sexta-feira (22/2), com acolhimento de pessoas em situação de rua. As duas unidades oferecem 170 vagas de abrigo.

Após a forte chuva, educadores sociais trabalharam na remoção das pessoas que estavam nas casas de passagem alagadas e no serviço de abordagem social. Todas as pessoas foram encaminhadas para as unidades de acolhimento institucional Campina do Siqueira e Boqueirão e para as casas de passagem Rebouças e Bairro Novo, que juntas tinham no momento 109 vagas disponíveis. A FAS abriu ainda 70 vagas emergenciais na República Boqueirão para atender a demanda.

Até as 6 horas desta sexta-feira, foram realizadas 230 abordagens sociais. Quarenta pessoas recusaram acolhimento. 

Saúde

Houve alagamento na Unidade de Saúde Tarumã, no Bairro Alto, mas sem prejuízo à população, já que às 20h desta quinta a limpeza da unidade já havia sido concluída.

Árvores e limpeza pública
Desde a noite de quinta as equipes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente estão nas ruas para atender as ocorrências. Foram registradas 27 quedas de árvore, além de galhos caídos e com risco de queda

As situações consideradas emergenciais, com bloqueio de via, foram 15. Com todas as remoções feitas, durante esta sexta-feira (22/2), equipes trabalham na limpeza dos resíduos deixados.

São cerca de 50 pessoas nas ruas para o trabalho, concentrado, principalmente, entre os bairros Jardim das Américas, Cajuru e Capão da Imbuia.

Na área da Limpeza Pública, os trabalhos também aconteceram durante a noite com cerca de 30 pessoas envolvidas nas áreas consideradas emergenciais. Nesta sexta-feira pela manhã, fiscais rodaram as ruas logo cedo nos pontos de alagamento da lista da Defesa Civil para verificar a quantidade de pessoal e equipamentos necessários.

Na maior parte dos locais, as equipes de varrição fazem a catação do lixo e resíduos vegetais. Há reforço de caminhões para retirada de entulhos na Vila Torres, Parolin e Boqueirão.

Escolas e creches

Das 404 escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), apenas duas não estão com atendimento nesta sexta-feira (22), os CMEIs Vila Macedo (Uberaba) e Meia Lua (Boqueirão). No total, 15 unidades foram atingidas pela forte chuva da tarde de quinta-feira.

As equipes de limpeza estão trabalhando na limpeza e desinfeção dos brinquedos e materiais. Foram redobrados as quantidades de kits de limpeza, com hipoclorito de sódio, água sanitária, sabão em pó, vassouras e vap.

Os trabalhos foram intensificados e os CMEIs Vila Macedo e Meia Lua estarão em condições de atendimento na segunda-feira, 25.

Unidades onde houve alagamentos:

E.M CEI Curitiba 300 Anos - Bairro Alto

E.M. CEI Romário Martins - Cachoeira           

E.M. Professor Dario Persiano de Castro Vellozo - CIC

E.M. Batel - Centro

E.M. Dom Manuel D’elboux - Hugo Lange     

E.M. Prof. Brandão - Alto da Glória

E.M Joao Macedo Filho - Jardim das Américas

E.M. Arapongas - Novo Mundo

EM Papa Joao XXIII - Portão

E.M Padre José de Anchieta - Fazendinha

CMEI Vila Torres - Rebouças

CMEI Vila Lindoia - Lindóia

CMEI Uberlândia - Novo Mundo

CMEI Vila Macedo - Uberaba

CMEI Meia Lua - Boqueirão

DESTAQUES DOS EDITORES