Covid-19

Esmaltec fabrica e doa componentes para 30 mil protetores faciais projetados pelo Senai no combate ao coronavírus

A Esmaltec, empresa do Grupo Edson Queiroz líder em vendas de fogões e bebedouros, encontrou outra forma de usar sua capacidade industrial em decorrência da pandemia de coronavírus. Utilizou a mesma tecnologia de componentes de seus produtos para a fabricação de peças para protetores faciais em colaboração com o Senai. Os protetores serão doados aos profissionais de saúde da rede pública estadual.

“A nossa iniciativa, após a suspensão das atividades por decreto do governador, foi de tentar ajudar de alguma forma nossa sociedade a passar por este momento crítico. Somos uma indústria de eletrodomésticos que tem um propósito muito claro de estar comprometida com o agora e as futuras gerações. Usamos nossas melhores pessoas e recursos para que esta produção desse certo”, afirmou Abelardo Rocha, presidente do Grupo Edson Queiroz.

A empresa fabricará componentes com plástico de engenharia que compõe o protetor facial. “Se fosse tentado atingir o objetivo de criar 30 mil protetores com impressora 3d poderia demorar muito. Com a nossa tecnologia de alta produção, utilizando os moldes em injetoras para plásticos, conseguimos atingir esse objetivo em 10% do tempo”, afirma Marcelo Pinto, Diretor Superintendente da Esmaltec.

A mesma máquina que produz componentes plásticos dos produtos Esmaltec para geladeira, fogões e geláguas foi utilizada nesta iniciativa. “Fizemos uma força-tarefa para fazer em 6 dias o que levaria 60 dias no fluxo normal”, afirma Carlos Eduardo Salles, diretor de engenharia da Esmaltec. A iniciativa da empresa em colaboração com Senai já foi validada pela Secretaria de Saúde do Estado do Ceará. No fim da semana a companhia deve iniciar as primeiras entregas dos componentes.