Banco de Desenvolvimento

Estado e BRDE levam serviços para contribuir com a retomada econômica da Lapa

(Foto: Alessandro Vieira/SEDEST)

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e o Governo do Estado participaram do Start Lapa, iniciativa da Prefeitura, da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária da Lapa (Acial) e do Sebrae-PR, com o objetivo de estimular o empreendedorismo e a retomada econômica da região. O evento aconteceu nesta quinta-feira (23), na Praça Central.

O BRDE fez prospecção de novos negócios, por meio de seus programas, oferecendo linhas de crédito, especialmente aquelas voltadas ao turismo, agronegócio e operações empresariais, uma vez que a região apresenta potencial para esses segmentos.

No período da tarde, o vice-governador Darci Piana, o presidente e o diretor administrativo do BRDE, Wilson Bley Lipski e Luiz Carlos Borges da Silveira, respectivamente, com autoridades locais e do governo estadual, deram continuidade ao evento, na Câmara Municipal.

Foram abordados temas relacionados à integração e desenvolvimento regional e o fomento de oportunidades para toda comunidade da cidade. Na ocasião, foi entregue em cheque simbólico de R$ 500 mil, que representa o Fundo de Aval da Lapa, recurso pode ser utilizado como garantia por parte de pequenos empreendedores que não têm acesso aos créditos convencionais.

“Esse fundo atende o perfil do trabalhador e pequeno empreendedor da Lapa, e demonstra a confiança do poder público aos empresários locais, para construírem essa sociedade. Representa o desenvolvimento que queremos, em parcerias sólidas para trazer um ambiente de vida e mais progresso nessa cidade”, analisou Bley.

PARCERIAS – A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) levou o ônibus da Agência do Trabalhador Itinerante, com a oferta de 68 vagas de emprego nas áreas de agropecuária, transporte, alimentação, serviços e comércio, como parte do programa Emprega Mais Paraná.

Outra ação foi o mutirão de cadastramento da segunda fase do programa Recomeça Paraná, com 100 vagas, e uma apresentação do programa Cartão Futuro aos empresários da região. “O Recomeça Paraná além de oferecer capacitação voltada para o empreendedorismo, disponibiliza um incentivo de R$ 900,00 para os formados colocarem o conhecimento em prática”, explicou o secretário da Justiça, Rogério Carboni.

“Este é mais um importante incremento do Governo do Estado de trazer aos empreendedores lapeanos a oportunidade de uma capacitação com incentivo. Eu agradeço o Governo por este olhar para nossa cidade”, destacou o prefeito Diego Ribas.

A participação do Governo também aconteceu por meio da Fomento Paraná, com a oferta de linhas de crédito para pequenos e médios empresários; da Celepar, com palestras sobre cibersegurança; e a TV Paraná Turismo. Representando o setor produtivo, o Sebrae-PR faz a distribuição de Kits de Empreendedorismo.