Publicidade
Estacionamento

EstaR Eletrônico de Curitiba começa em março e já conta com 10 mil downloads

(Foto: Franklin de Freitas)

O início da operação do EstaR Eletrônico em Curitiba é só no dia 16 de março, mas o aplicativo oficial Zul EstaR Digital já atingiu a marca de 10 mil downloads na capital nesta quarta-feira (12). Embora o modelo eletrônico de estacionamento só seja lançado no mês que vem, os motoristas curitibanos já estão baixando o aplicativo do EstaR nas lojas Google Play, bucando por Zul EstaR Digital e App Store para se familiarizarem com o novo sistema.

 

Com Zul EstaR Digital, o motorista já pode cadastrar as placas dos seus veículos e ir se acostumando com a nova fase do Estacionamento Regulamentado de Curitiba. A partir do dia 11 de maio, os cartões de papel do EstaR não serão mais aceitos e o motorista de Curitiba poderá ativar o estacionamento do seu carro pelo app.

 

Nesta semana, a Superintendência de Trânsito (Setran) iniciou a instalação de 3.500 placas do EstaR Digital na zona central de Curitiba. A sinalização vai orientar os motoristas em relação ao novo sistema de estacionamento. As placas do EstaR Eletrônico carregam um QR Code em que, ao apontar com a câmera do celular, o motorista pode ver a lista de aplicativos homologados pela URBS em que o Zul EstaR Digital Curitiba está presente.

Como estacionar de forma eletrônica?

O Zul EstaR Digital chega para facilitar a vida do motorista na hora de estacionar o carro em Curitiba. A partir do dia 16 de março, quem já estiver com o aplicativo instalado no celular, e com a placa do veículo cadastrada, poderá comprar os créditos e armazená-los no app para usar quando quiser.

Além dos meios de pagamento exigidos pela URBS, – cartão de crédito e boleto bancário - o Zul EstaR Digital oferece a maior diversidade de meios de pagamento entre todos os aplicativos. O principal app de estacionamento rotativo no país disponibiliza também cartão de débito, transferência bancária e as carteiras digitais Google Pay, Apple Pay e Masterpass.

Para estacionar com o Zul EstaR Digital, bastará chegar na vaga em que se deseja estacionar, abrir o aplicativo e, com apenas dois cliques, ativar o estacionamento pelo tempo que desejar. Dependendo da região, o tempo de permanência regulamentado pode ser de uma ou duas horas. 

Caso a pessoa não esteja com o celular na hora, ou não tenha internet para comprar os créditos e ativar o estacionamento, poderá comprá-los em pontos de venda credenciados nas proximidades ou em totens, que serão espalhados próximos às vagas do EstaR.

Quando o tempo de estacionamento estiver acabando, o aplicativo Zul EstaR Digital irá avisar o usuário por meio de um alarme. O motorista terá a opção de encerrar o uso da vaga e retornar ao veículo, ou ativar mais uma hora de estacionamento de pelo app, não ultrapassando as duas horas regulamentadas. 

Tudo isso sem precisar sair do local onde estiver. Caso o motorista esteja a espera de uma consulta médica ou em um reunião de trabalho, ele poderá ativar a hora extra pelo celular sem ir até o veículo.

Fiscalização

O trabalho dos agentes da Setran também ficará eletrônico. Com o EstaR Digital, eles possuirão um aplicativo próprio para consultar se aquela placa está com o estacionamento ativado. Caso contrário, o veículo será autuado e informado via notificação do aplicativo. O artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que fala de estacionamento irregular, prevê multa de R$ 195,23 e mais cinco pontos na carteira de habilitação do infrator.

Na regra atual, o motorista notificado tem cinco dias úteis para regularizar a situação, comprando um bloco de cartões em uma casa lotérica, para evitar a multa. Pelo EstaR Eletrônico, o infrator terá os mesmos cinco dias úteis, porém, a regularização deverá ser feita pelo site da URBS mediante o pagamento de R$30, que não será revertido em créditos para estacionamento.

Preço

A Urbs anunciou nesta terça-feira, 11, que vai também mudar a forma como a tarifação é realizada. A novidade é que com o EstaR eletrônico será possível pagar pelo estacionamento fracionado: cada 15 minutos custarão R$ 0,75. Caso o motorista volte ao carro antes do previsto, ele pode desativar o estacionamento e ficar com o crédito restante guardado no Zul EstaR Digital, para usar em outro momento. Nesse novo modelo a hora cheia, que hoje custa R$ 2, passará a custar R$ 3.

Para mais informações sobre a mudança do serviço em Curitiba, a empresa disponibiliza o conteúdo completo sobre as mudanças no EstaR Curitiba.

Para instalar o app no celular, busque por “Zul EstaR Digital” nas lojas de aplicativos, ou utilize o link https://zul.digital/app/estar-curitiba  

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES