Pouca chuva

Estiagem prevalece em abril. Curitiba e região tiveram só 0,6 mm de chuva na 1ª quinzena

(Foto: Franklin de Freitas)

A primeira quinzena de abril repete o cenário de crise hídrica com seca severa em todas as regiões do Paraná. Em Curitiba e Região Metropolitana, choveu apenas 0,6 milímetro, volume que dificulta atingir a média histórica para o mês de abril na região, que é de 81,2 mm. Em Guarapuava, Ponta Grossa, Londrina, Maringá e Umuarama, não foi registrada nenhuma chuva. As regiões Oeste e Sudoeste já se encontram em estado de alerta para o abastecimento de água, uma vez que a falta de chuvas baixou a vazão de rios e poços. Na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), o rodízio no abastecimento continua em vigor há mais de um ano.

No primeiro trimestre de 2021, segundo dados do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), as chuvas na RMC somaram 380 milímetros, abaixo da média histórica para o período, que é de 460 mm. Em 2020, o volume de precipitações do primeiro trimestre foi de 247 mm. A esperança é que o fenômeno La Niña tenha seu fim ainda neste semestre, o que pode trazer mais chuvas na região.