Reabertura

Estrada do Colono ganha urgência

A Câmara dos Deputados aprovou, ontem, regime de urgência para votação do projeto do deputado paranaense Vermelho (PSD), que cria a categoria de Unidade de Conservação denominada Estrada-Parque e institui a Estrada-Parque Caminho do Colono no Parque Nacional do Iguaçu (região Oeste). Ambientalistas são contrários à proposta, afirmando que ela seria uma manobra legislativa para reabrir um antigo caminho no parque, fechado por ordem da Justiça há duas décadas.
“Somos responsáveis e estamos no ano de 2021. Se não tivermos competência e capacidade de construir uma estrada ecologicamente correta, podemos devolver o Brasil aos índios. Este parque existe, mas antes dele existiu a estrada em 1920”, argumentou Vermelho. Ele observou que outras estradas passam por parques ecológicos, como a Rodovia Imigrantes em São Paulo.
Protesto – Na terça-feira, houve um protesto, em Foz, organizado pela Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia (ADERE) e por um coletivo de ambientalistas contra o projeto. Para as entidades, o projeto é uma autorização para o desmatamento da floresta de Mata Atlântica.