Publicidade
Turismo

EUA facilitará viagem a brasileiros e chineses

Visando estimular o turismo nos Estados Unidos para combater a crise econômica, o presidente Barack Obama ordenou nesta quinta-feira que o país aumente a capacidade de processamento de vistos em 40% para Brasil e China. A ordem foi divulgada pela Casa Branca.


A ordem executiva pede aos ministérios envolvidos a preparação de um plano em 60 dias que assegure em até três semanas o atendimento de 80% das solicitações nos dois países. Turistas e homens de negócio de países emergentes se queixam dos requisitos para obtenção do visto, que beneficia a maioria dos países europeus e as nações ricas e aliadas dos Estados Unidos.


Altos funcionários diplomáticos já anunciaram em novembro que aumentarão o número de funcionários nas embaixadas de Brasil e China devido a grande demanda, em 2011 40% maior que em 2010, com 820.000 pedidos. Destes, 791.000 obtiveram a autorização para viajar.


O Departamento de Comércio calcula que os turistas chineses gastam mais de 6.000 dólares quando viajam aos Estados Unidos, com todo incluso, e os brasileiros cerca de 5.000 dólares.


Segundo Obama, o objetivo é fazer dos Estados Unidos o primeiro destino turístico mundial para impulsionar a criação de empregos dentro do setor, informou a Casa Branca.


"Quanto mais gente visita os Estados Unidos, mais americanos voltam a trabalhar", disse o presidente em um comunicado após firmar um decreto convocando várias agências federais a tomar medidas para estimular a atividade turística no país.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES