EUA/Kudlow: Não há razão para não termos um novo pacote fiscal, direcionado

Diretor do Conselho Econômico da Casa Branca, Larry Kudlow afirmou nesta quinta-feira, 24, que pode haver um novo pacote de estímulos para a economia dos Estados Unidos, mas defendeu que seja aprovado algo "direcionado, a um custo menor". Durante entrevista à Fox Business, ele criticou a oposição democrata por almejar um "pacote gigante de US$ 3 trilhões" que, segundo ele, o governo não considera "necessário, nem valioso".

Kudlow disse que pode haver verba específica para, por exemplo, garantir a volta das crianças à escola, testes para covid-19, máscaras para conter a doença, além de mais estímulos a pequenas empresas.

Na entrevista, Kudlow ainda afirmou que Trump não aceitaria "de jeito nenhum" novas paralisações (shutdowns) da economia por causa da covid-19. "Não é necessário, estamos em muito melhor forma", argumentou, ao comparar a situação com o auge da pandemia no país.