Publicidade
5ª Campanha mundial

Evento em Curitiba alerta população sobre os riscos do diabetes

Evento em Curitiba alerta população sobre os riscos do diabetes

Será realizado em Curitiba neste sábado (11) o evento para orientar, divulgar e alertar a população sobre os riscos do diabetes mellitus. O evento marcará o Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro). Organizada pelo Centro Paranaense de Oftalmologia (CPO), com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde, a 5ª Campanha do Dia Mundial do Diabetes tem o objetivo de alertar sobre os riscos da doença, principalmente para os olhos.

Na maioria das vezes, o diabetes acomete adultos devido aos maus hábitos alimentares, ao sedentarismo e à obesidade. Portanto, fazemos questão de apoiar qualquer tipo de ação para prevenção e sensibilização dos paranaenses quantos aos riscos da doença, comenta o superintendente de Atenção à Saúde, Juliano Gevaerd.

A campanha acontece entre as 9 e as 16 horas no estacionamento do Palácio Iguaçu, ao lado da Praça Nossa Senhora de Salete. Dentre os serviços oferecidos estão palestras, atividades físicas, orientação nutricional, avaliação odontológica e exames gratuitos como glicemia, pressão arterial e sistêmica, obesidade e fundo de olho para diabéticos.

O diretor técnico do CPO, Cristiano Toesca Espinhosa, lembra que na edição anterior, em 2016, 110 colaboradores conseguiram atingir 2 mil pessoas com mais de 7 mil exames realizados. Estamos na quinta edição da campanha e, para este ano, organizamos uma estrutura capaz de atender até 5 mil participantes e este é nosso objetivo, destaca.

OFTALMOLOGIA – Estudos mostram que 80% dos portadores de diabetes não conhecem as complicações oftalmológicas que a doença pode causar, como a cegueira irreversível. O diagnóstico precoce é o principal fator para evitar essa complicação. Com o exame de fundo de olho, os pacientes que forem diagnosticados com algum problema já receberão os primeiros tratamentos no próprio local, informa Espinhosa.

Além das alterações visuais, o diabetes pode causar outras complicações bastante prejudiciais à saúde, como insuficiência renal, infarto do miocárdio, infecções de repetição e doenças vasculares, desde o derrame cerebral até a gangrena de braços e pernas.

Estima-se que 16 milhões de pessoas têm diabetes hoje no Brasil, quase 10% da população. A pessoa que apresenta um ou mais sintomas como sede e fome excessiva, aumento da quantidade de urina, perda de peso brusca e fraqueza muscular, dores nas pernas, piora da visão, infecções, coceira e corrimento vaginal podem ter diabetes. Essas informações devem ser repassadas e, na presença dos sintomas, a pessoa deve procurar a unidade de saúde mais próxima da residência, finaliza o superintendente.

SERVIÇO:

5ª Campanha do Dia Mundial do Diabetes

Data: sábado (11 de novembro)

Horário: das 9 às 16 horas

Local: Estacionamento do Palácio Iguaçu

Endereço: Praça Nossa Senhora de Salete, s/nº – Centro Cívico – Curitiba.

DESTAQUES DOS EDITORES