Curitiba

Evento incentiva o consumo de produtos de abelhas nativas no Mercado Municipal

(Foto: Washington Fidelis/Arquivo Bem Paraná)

A partir desta quarta-feira (22), população e produtores de mel poderão conhecer produtos das abelhas nativas do Paraná durante a Primavera Doce. O evento será realizado no formato híbrido, com transmissões on-line, exposições e oficinas gratuitas no Mercado Municipal de Curitiba. A iniciativa é voltada para o criador, cooperativas, associações, indústria de alimentos, bebidas, fármacos e o público em geral. A realização é uma parceria do Sebrae/PR com Câmara Técnica Setorial de Meliponicultura do Paraná (CT Abelhas Nativas), Associação dos Comerciantes Estabelecidos do Mercado Municipal de Curitiba (Ascesme), Mercado Municipal e a Prefeitura de Curitiba.

As atividades têm início às 13h no dia 22, com o tema “O novo elixir da saúde”. Serão responsáveis pela live as agricultoras Cristina Bernert e Gabriela Schumann, que falarão sobre seus trabalhos com a produção do mel da abelha jataí e da comercialização dos produtos in natura. A partir das 16h, a chef do Quintana Gastronomia, Gabriela Carvalho, irá tratar o porquê investir em abelhas e como elas podem servir como atrativo para novos clientes.

A partir das 13h de sexta-feira (24), a empresária Wilma Spinosa apresentará o vinagre de mel silvestre orgânico e suas propriedades na live “Modernize sua produção de vinagre”. O público também pode conferir ações no Mercado Municipal. Entre sexta-feira e domingo, estarão em exposição caixas de abelhas, fotos e produtos derivados dos animais, como mel, velas e bebidas. Além disso, oficinas sobre como criar e fazer iscas para montar seu jardim de mel estão programadas. Para mais informações, basta acessar o nossacasaviva.com.br.

A coordenadora estadual de Agronegócios do Sebrae/PR, Maria Isabel Guimarães, conta sobre o objetivo do evento. “Queremos divulgar a atividade, a qualidade e variedade de produtos das abelhas, com foco nas abelhas nativas e mostrar o seu papel na elaboração de produtos de diferentes áreas, como alimentícios, medicinais, fármacos e de beleza, além da sua importância na sustentabilidade”, projeta.

A primavera tem início em 22 de setembro, dia escolhido para as primeiras atividades do evento. “É nessa época que as nossas abelhas iniciam a coleta do néctar e do pólen. Esse processo é de alta importância, pois elas são responsáveis por 33% da produção agrícola mundial. Com iniciativas como essas, buscamos valorizar o trabalho dos agricultores e apicultores, pois estamos vivendo momentos preocupantes com a falta de chuva para as lavouras, o que pode comprometer a polinização”, conta Eliseu Alves Maciel, diretor do Departamento de Operação Agroalimentar da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Segundo Marcos Aparecido Gonçalves, coordenador da CT Abelhas Nativas, é necessário que os produtores possuam a dimensão dos seus negócios. “Desejamos que o evento seja uma vitrine para os produtos dos criadores e que seja visto como uma oportunidade para que eles possam estabelecer contatos com mercados varejistas e outros comércios para expandir seus negócios”, finaliza.

O evento presencial será realizado de acordo com os protocolos de saúde e segurança.