Publicidade
Série B

Ex-jogador e filho do lendário Renatinho, Follador lidera chapa de oposição no Coritiba

Renato Follador
Renato Follador (Foto: Reprodução/Facebook)

Renato Follador, ex-jogador do Coritiba, está lançando chapa de oposição para as eleições no clube alviverde. Filho de Renatinho, craque do Coxa nos anos 50, ele lidera o grupo chamado Coritiba Ideal, que está há mais de um ano trabalhando para a disputa eleitoral de dezembro.

Clique aqui para saber mais sobre Renatinho, ídolo do Coxa nos anos 50.

Renato jogou no Coritiba nos anos 70, assim como o irmão Paulinho. No entanto, ele ganhou mais destaque fora dos campos. Foi Secretário de Previdência do Estado do Paraná durante o governo Jaime Lerner. É conhecido nacionalmente como um especialista em previdência. Tem como formação acadêmica a Engenharia Civil e um MBA no ESADE de Barcelona em Alta Direção de Empresas, com ênfase em Previdência Social. 

Além de Renato Follador, candidato à presidência, a chapa conta ainda com Rui Bocchino, Glenn Stenger, Henrique Ballão, Guilherme Prosdócimo e Filipe Ghignone.

Há duas semanas, em 22 dejulho, o Coritiba Ideal fez sua primeira apresentação para sócios e torcedores. “Ao percebermos, dia a dia, a decadência de nosso amado clube, causada por erros administrativos e um futebol de péssima qualidade, decidimos que era hora de dar um basta ao que vinha acontecendo e começarmos a agir”, diz a nota oficial publicada pelo grupo em redes sociais.

“Mesmo com esse lançamento antecipado, estamos, como toda nação coxa-branca, torcendo pelo sucesso do time nos campos da Série B, pois não temos como objetivo tumultuar ou mesmo atrapalhar a diretoria que aí está. Somos oposição, sim, aos atuais gestores, mas nunca oposição ao Coritiba. Por isso, continuaremos a trabalhar em projetos futuros e na composição da chapa com pessoas sérias, que visem, com única e exclusiva finalidade, ajudar e colocar nos trilhos esse gigante adormecido que é o Coritiba”, explica o texto da chapa.

“Mesmo com esse lançamento antecipado, estamos, como toda Nação Coxa-Branca, torcendo pelo sucesso do time nos campos da Série B, pois não temos como objetivo tumultuar ou mesmo atrapalhar a diretoria que aí está, SOMOS OPOSIÇÃO SIM aos atuais gestores, mas nunca oposição ao Coritiba”, completa o texto.

Clique aqui para ver texto de Renato Follador sobre a relação entre previdência e futebol.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES