Mercado da bola

Ex-Libertad e seleção do Paraguai é cotado para ser o novo técnico do Coritiba

Morínigo
Morínigo (Foto: Reprodução/Facebook/ClubLibertadPy)

A nova diretoria do Coritiba, eleita na semana passada, espera apresentar nesta segunda-feira (dia 4) o novo técnico. O presidente Renato Follador e o vice Osiris Klamas estão comandando as negociações e planejam confirmar o nome de José Carlos Brunoro, ex-Cruzeiro e Palmeiras, como diretor executivo.

Para o cargo de técnico, o clube chegou a sondar Tiago Nunes, Diego Aguirre, Zé Ricardo, Mano Menezes e Roger Machado, mas não conseguiu alcançar um acordo. Outros nomes descartados foram os de Alex, Dorival Júnior, Luxemburgo, Emerson Leão e o argentino Sergio Batista.

Ex-jogador, Sergio Batista, 58 anos, foi campeão olímpico com seleção da Argentina em Pequim-2008. Por clubes, teve pouca experiência. As principais foram no Shangai Shenua, da China, de 2012 a 2014, e no Qatar SC, do Catar. O nome dele acabou descartado pela diretoria.

Por enquanto, o nome favorito é do paraguaio Gustavo Morínigo, 43 anos, segundo informações da jornalista Nadja Mauad, do Globoesporte. Ele trabalhou nas seleções de base do Paraguai de 2015 a 2020 e chegou a comandar a equipe principal do país em 2017 e 2018. Começou a carreira de treinador em 2012, no Nacional, do Paraguai. Foi campeão nacional em 2013. Levou o time à final da Libertadores em 2014 e acabou derrotado pelo San Lorenzo, da Argentina. Em 2016, trabalhou no Cerro Porteño. Em 2020, dirigiu o Libertad até dezembro.