Publicidade
Mercado da bola

Ex-Paraná Clube e Londrina, lateral renova contrato com o Bayer Leverkusen

Wendell
Wendell (Foto: Divulgação/Bayer04.de)

Em alta na Alemanha, onde está desde 2014, o lateral-esquerdo brasileiro Wendell, 26 anos, seguirá por mais tempo no Bayer Leverkusen. O clube alemão anunciou a renovação de contrato do atleta, que vencia no próximo dia 30, até o final da temporada 2021/2022.

"Para um jogador profissional ficar seis anos no mesmo clube, ainda mais um clube tão importante como o Bayer Leverkusen, não é fácil. O Bayer facilitou muito minha vida para me tornar um jogador de alto nível. Eles me receberam com braços abertos, me senti mais confortável a cada dia. Esse clube é a minha família. Tenho certeza que conquistaremos grandes resultados juntos", afirmou Wendell, em declarações publicadas pelo Bayer Leverkusen para anunciar a renovação do contrato.

Wendell surgiu no Iraty, durante a gestão de Sergio Malucelli. O empresário levou o jogador para o Londrina em 2012. Naquele mesmo ano, defendeu o Paraná Clube por empréstimo na Série B — atuou apenas em 15 rodadas. Depois de jogar pelo Grêmio em 2013 e 2014, acabou vendido ao Bayer Leverkusen por 6,5 milhões de euros. 

Chegou a ser convocado para a seleção brasileira em 2016, mas não entrou em campo.

Rudi Völler, ex-jogador e atual diretor do clube, enalteceu as qualidades do lateral-esquerdo brasileiro, revelando que Wendell teve algumas ofertas interessantes no passado, mas que sempre se manteve leal ao Bayer Leverkusen.

"Ao longo destas seis temporadas se tornou um jogador chave no nosso plantel", justificou também o diretor esportivo Simon Rolfes, acrescentando que o brasileiro, de 26 anos, tem não só um papel importante em campo como uma ligação à equipe e ao clube.

Wendell foi contratado pelo Bayer Leverkusen na temporada 2014/2015, proveniente do Grêmio, e em Leverkusen já está há seis anos, o período mais duradouro em sua carreira, na qual também jogou em clubes paranaenses - Londrina, Paraná e Iraty.

No atual Campeonato Alemão, retomado no último dia 16 após a suspensão devido à pandemia da covid-19, o Bayer Leverkusen é o quinto colocado com os mesmos 56 pontos do Borussia Mönchengladbach, em quarto. Os dois clubes brigam por vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES