Ex-prefeito de Londrina é condenado por ofender major da PM

Homero Barbosa Neto, ex-prefeito de Londrina, terá de pagar R$ 40 mil ao major aposentado da Polícia Militar (PM) Adalberto Pereira. O político foi condenado na última terça-feira (22) por ter usado o microfone da rádio Brasil Sul, de sua propriedade, para ofender Pereira.

O casso ocorreu em 2009 e o processo foi aberto na 2ª Vara Cível de Londrina. Nos autos, consta que Barbosa teria chamado Adalberto de "vagabundo", argumento que ele acorda ao meio-dia, entre outras ofensas e acusações.

Para o juiz responsável pela causa, Fernando Moreira Simões Junior, os comentários do político tiveram uma "devastadora repercussão negativa perante a opinião pública" para o major aposentado.

Barbosa Neto ainda pode recorrer da decisão.