Publicidade
Peladeiros

Ex-preparador físico da seleção vira embaixador do futebol de rua em Curitiba

Carlinhos Neves
Carlinhos Neves (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

O preparador físico Carlinhos Neves, com passagem por 14 clubes e Seleção Brasileira, recebeu nesta terça-feira (8) o título de Embaixador do Futebol de Rua em Curitiba. A cerimônia do título foi realizada no Instituto Futebol de Rua, no Parque dos Peladeiros, em Curitiba.

A aproximação de Carlinhos com a organização começou em julho. Sendo curitibano, ele ficou surpreso com a estrutura existente, a proposta do projeto e a metodologia empregada. “Quero ajudar a divulgar o trabalho. Fiquei comovido e surpreso quando conheci o Instituto e o seu método. É muito legal ver o futebol como ferramenta importante para o desenvolvimento social”, disse.

Como Embaixador, Carlinhos Neves tem trânsito livre pelo projeto, participando com os professores no desenvolvimento de questões técnicas e metodológicas. Ainda, deve interagir com as crianças e com os jovens de todas as faixas etárias e até bater uma bola. Para o fundador do Instituto Futebol de Rua, Alceu Natal Neto, ter Carlinhos no Futebol de Rua é um privilégio. “Nossas crianças e jovens terão mais uma pessoa para se inspirar, pela trajetória profissional e de vida. Com sua presença em nossas atividades ganham todos, pois Carlinhos com certeza irá contribuir bastante conosco”, comentou Alceu.

O título estará ao lado do prêmio Charles Miller, recebido em 1994, quando Carlinhos foi considerado o melhor preparador físico do Brasil. No Paraná, Neves já trabalhou com o Athlético, com o Coritiba, com o extinto Pinheiros e o Paraná Clube. No Brasil, sua atuação passa também por clubes como Grêmio, Palmeiras e Atlético-MG. Neves acumula cinco títulos brasileiros, 2 Libertadores da América, um mundial e vários estaduais.

Na Seleção Brasileira, Neves participou da comissão técnica da Seleção Olímpica de 2012, conquistando a medalha de prata em Londres. Antes, disso, foi o preparador físico principal da seleção treinada por Mano Menezes entre 2010 e 2012. Em julho de 2019, deixou o São Paulo, onde atuava como preparador físico.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES