Publicidade
Resultado

Exame de DNA comprova que jovem não é menina desaparecida há 17 anos no interior do PR

(Foto: Divulgação)

Saiu neste sábado (4) o resultado do exame de DNA da jovem que acreditava ser Luana de Oliveira Lopes, desaparecida há quase 17 anos. Ela não é a menina que desapareceu quando tinha 8 anos, no município de Florestópolis, no Norte do Estado.

A jovem, de 24 anos, reapareceu no início do mês, naquele município, dizendo ser Luana. A polícia reabriu a investigação e solicitou o exame de DNA para comprovar a identidade da mesma e confirmar se trata-se de Luana. O caso estava sob responsabilidade do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), da Polícia Civil.

Leia mais no blog Plantão de Polícia

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES