Publicidade
Força Aérea Brasileira

FAB confirma que usuários invadiram frequência e pediram para piloto jogar Lula de avião

Ex-presidente entrando no monomotor Cessna Caravan que o traria at\u00e9 Curitiba
Ex-presidente entrando no monomotor Cessna Caravan que o traria at\u00e9 Curitiba (Foto: Reprodução)

A Força Aérea Brasileira (FAB) confirmou que os áudios que circulam pelas redes sociais com pessoas conversando com as aeronaves que transportaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de São Paulo à Curitiba são verdadeiros. 

A comunicação do voo foi interrompida por vozes que pediam para o piloto do avião "levar e não trazer nunca mais" o petista ou ainda para que ele mandasse "esse lixo janela abaixo".

Os áudios circulam desde ontem nas redes sociais e pelo Twitter a FAB confirmou sua veracidade, explicando que foram captados entre a Torre de Congonhas, em São Paulo, e a Torre Bacacheri, em Curitiba. A instituição, contudo, destacou que as vozes não são de controladores de voo, explicando ainda que a frequência utilizada para tais comunicações é aberta.

"Lamentavelmente, na gravação em questão, a frequência foi utilizada de modo inadequado por alguns usuários que se valeram do anonimato para contrariar as regras", comunicou a FAB em sua nota.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES