Fábio diz o que falta ao Cruzeiro: 'Em jogo decisivo não se pode perder gols'

Nesta sexta-feira à noite, o Cruzeiro criou boas chances e poderia ter saído com a vitória diante do Avaí. O time mineiro, porém acabou derrotado por 1 a 0 em partida válida pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no estádio da Ressacada, em Florianópolis e se distanciou ainda mais do G4 e,consequentemente, do sonho do acesso para a Série A em 2022.

Após a partida o goleiro Fábio, capitão do Cruzeiro, avaliou o jogo e lamentou os gols perdidos pelo time, principalmente no primeiro tempo. "Jogo dessa situação de decisão a gente tem que aproveitar as chances de gol. Fizemos isso contra o Coritiba e vencemos bem, tivemos um belo jogo contra o Botafogo e não fizemos o gol, saímos com o empate. E poderíamos no primeiro tempo ter feito um resultado que poderia nos dar os três pontos. Na volta do segundo tempo o Avaí veio de outra forma, em busca de um resultado positivo. Infelizmente tomamos o gol, que era evitável", disse o atleta.

O lance mais incrível do jogo aconteceu aos 26 do primeiro tempo, quando o Cruzeiro perdeu três gols incríveis em sequência. Thiago avançou sozinho, ficou cara a cara com o goleiro Glédson e tentou finalizar duas vezes. Na terceira, rolou para Bruno José, mas o zagueiro Alemão salvou em cima da linha. O atacante Bruno José também lamentou o lance. "Fui muito confiante para a bola e acabei pegando errado. Foi uma infelicidade."

Com o tropeço, as chances de acesso são remotas o Cruzeiro está na 12ª colocação, com 39 pontos, 13 pontos distantes do Goiás, último clube no G4. Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Remo, na quinta-feira (28), no Independência, em Belo Horizonte (MG) - jogo válido pela 32ª rodada.

A exemplo da semana passada, os jogadores paralisaram as atividades por dois dias em protestos pelos atrasos salariais. A crise aumentou porque, agora, não são apenas os jogadores que estão sem receber, mas todo o quadro de funcionários. O clube ainda deve perto de R$ 13 milhões para que a Fifa libere a possibilidade do clube voltar a contratar.