Publicidade
Política em Debate

Fake news

(Foto: Agência Senado)

O juiz federal Sergio Moro pretende indicar em sua defesa em processo no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que o senador Roberto Requião (MDB) deu origem a “fake news” sobre sua suposta estadia em Portugal enquanto despachava em processo contra a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último domingo. A informação é do jornal Valor Econômico. “Sérgio Moro é juiz de 1a instância, não de execução, está em férias em Portugal, não é parte no processo, nem do MP, portanto nada tem a ver com a determinação do desembargador federal. Cabe à Sergio Moro, em férias, tomar bom vinho e comer bacalhau”, escreveu o senador no Twitter.

Despacho
A informação foi amplamente divulgada por líderes petistas, incluindo a presidente do PT, senadora paranaense Gleisi Hoffmann. A assessoria do juiz nega que ele tenha despachado de Portugal. “O juiz federal Sergio Moro está em férias de 2 a 31 de julho. Por ser citado como autoridade coatora no habeas corpus, ele entendeu possível despachar no processo”. “O juiz está em Curitiba”, diz a assessoria.

Convenção
A convenção estadual do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) do Paraná foi marcada para o dia 21 de julho, no Espaço Torres, em Curitiba. A legenda deve confirmar apoio à reeleição da governadora Cida Borguetti (PP). De acordo com edital de convocação, serão escolhidos os candidatos e candidatas às eleições 2018, coligações partidárias e definido o apoio do partido a candidatura de outra agremiação ao governo do Estado. “Neste dia o partido escolherá os seus candidatos a governador, vice-governador, senador, deputados federais e estaduais do Paraná”, disse o deputado federal Toninho Wandscheer, presidente estadual da legenda.

Mesários
O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná começou, na sexta-feira, a convocar os eleitores para trabalharem como mesários nas eleições de outubro no Estado. Segundo o TRE, ao todo serão convocados 107.324 eleitores para comporem as mesas receptoras de votos nas 26.831 seções do estado. Na capital, as 4.015 seções eleitorais contarão com 16.060 mesários. O treinamento começa no dia 25 de agosto. As mesas receptoras de votos são formadas pelo presidente, os 1º e 2º mesários e o 1º secretário e devem atuar em 7 e 28 de outubro, se houver segundo turno. 

Merenda
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) declarou inidônea, por cinco anos, a empresa Casa da Merenda Comércio de Alimentos. Nesse período, a empresa não poderá manter contratos com órgãos públicos no Estado. A declaração foi aplicada após a comprovação de fraude praticada pela Casa da Merenda, em licitação da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap), destinada à compra de alimentos para o preparo da merenda em escolas estaduais. Segundo a denúncia, a empresa participou indevidamente da licitação, visto que o lote era destinado exclusivamente a microempresas ou empresas de pequeno porte. De acordo com os autores da representação, a Casa da Merenda teria apresentado uma declaração falsa para comprovar que cumpria a condição de microempresa. A receita operacional bruta da Casa da Merenda em 2016 foi de R$ 10.821.207,78 – mais que o dobro do limite estabelecido para o enquadramento em empresa de pequeno porte.

Remédios
A Prefeitura de Rolândia (região metropolitana de Londrina) suspendeu licitação para a compra de medicamentos depois que o TCE apontou sobrepreço de 55,1% na concorrência. Segundo o tribunal, o preço máximo fixado – R$ 4.198.913,50 – estava 55,16% acima dos valores médios praticados pela administração pública. A análise, sobre uma amostra correspondente a 80% do valor do edital, revelou sobrepreço de R$ 2,3 milhões.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES