Publicidade
Efeito do coronavírus

Faustão apresenta 'Domingão' sem plateia pela primeira vez na história

Faustão no Domingão sem plateia
Faustão no Domingão sem plateia (Foto: Divulgação / TV Globo)

Pela primeira vez desde que foi criado, em 1989, o ‘Domingão do Faustão’ foi apresentado sem plateia, neste domingo (15). Isso porque a TV Globo e o apresentador Fausto Silva decidiram acatar orientação do Ministério da Saúde sobre o novo coronavírus. O Ministério recomenda que não se façam aglomerações de pessoas – como em uma plateia de atração de TV.

“É o primeiro ‘Domingão’ da história em seus quase 31 anos de vida aqui na Globo, que terá o auditório vazio. Não terá o público, a razão do nosso trabalho, todos temos essa consciência aqui”, disse Faustão. “O vírus, eu repito, já está em todos os continentes, por isso, a direção da Globo, por questão de precaução, o auditório está sem a razão do nosso trabalho: o público de quase 400 pessoas”.

No último dia 11, foi decretado pela Organização Mundial de Saúde a pandemia do COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus. O termo pandemia pode ser dito quando a doença já está espalhada por vários continentes e possui transmissão sustentada entre as pessoas – ou seja, quando uma pessoa infectada não está em países com registros da doença.

No programa, Faustão levou o professor e filósofo Mario Sergio Cortella e o médico infectologista Marcos Antônio Cirillo, diretor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), que respondeu ao vivo a perguntas sobre o coronavírus. O comentarista Caio Ribeiro e a atriz Susana Vieira foram alguns dos famosos que mandaram perguntas.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES