Publicidade
Vida animal

Fechado, Jardim botânico recebe mais visitas, mas de animais silvestres

(Foto: Daniel Castellano / SMCS)

Sem o vai e vem de turistas e de moradores da cidade que buscam o Jardim Botânico de Curitiba para caminhadas e contemplação, a equipe de manutenção da unidade de conservação registrou a presença de maior número e espécies diferentes de animais silvestres no local. Ponto turístico mais visitado da cidade, o Jardim Botânico está fechado por conta das medidas preventivas da contaminação do novo coronavírus. Os biólogos relatam terem avistado um pica-pau-do-campo, pica-pau-branco, pica-pau-anão, além de mais corujas, saracuras, gambás, cutias, famílias inteiras de preás e espécies raras de gaviões.

Apesar de alguns relatos feitos em redes sociais, de que os animais estariam passando fome, o diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria do Meio Ambiente, Edson Evaristo, lembra que eles são de vida livre e têm alimentação disponível na natureza. Mesmo assim, equipes de manutenção do local têm encontrado restos de alimentos perto das cercas, o que indicaria que a população esteja levando comida para o parque, mas a prática não é indicada.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES