Assine e navegue sem anúncios [+]

Federação convoca clubes para decidir sobre suspensão do Campeonato Paulista

A Federação Paulista de Futebol (FPF) vai reunir na manhã desta segunda-feira dirigentes de todos os clubes participantes do Campeonato Paulista para decidir o que fazer com a competição durante a pandemia do coronavírus. Existe, e não é pequena, a possibilidade de o torneio ser suspenso. O encontro será realizado na sede da entidade, em São Paulo.

Neste fim de semana, a 10.ª rodada do Paulista foi realizada normalmente, com exceção dos jogos disputados na capital (São Paulo x Santos e Corinthians x Ituano) e o dérbi de Campinas, nesta segunda-feira, entre Guarani e Ponte Preta - três partidas disputadas com portões fechados. Os dirigentes dos clubes vão decidir nesta segunda se é melhor manter esse protocolo ou se o mais prudente é suspender a realização dos jogos.

"Diante do cenário de pandemia do novo coronavírus, a Federação Paulista de Futebol convocou os presidentes dos clubes do Campeonato Paulista das Séries A-1, A-2 e A-3 para discutir coletivamente as medidas que serão tomadas em relação às próximas rodadas das competições", disse trecho da nota emitida pela Federação Paulista neste domingo.

Como se vê, a reunião vai tratar também dos rumos da segunda e da terceira divisões do futebol paulista. Caso a suspensão do torneio estadual seja anunciada, os grandes clubes do Estado ficarão sem atividades nas próximas semanas, uma vez que a Copa Libertadores (torneio que tem Palmeiras, São Paulo e Santos) já foi suspensa. O Corinthians não está mais no torneio continental e, por ora, participa apenas do Paulistão.

Ao reunir os clubes para discutir o futuro de seu torneio, a Federação Paulista seguiu o exemplo da Federação do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que anunciou essa medida no sábado. Também na manhã desta segunda-feira, os clubes que disputam o Campeonato Carioca vão se reunir para decidir se suspendem o torneio ou o mantêm em andamento.

"Em relação às partidas subsequentes do Campeonato Carioca para a sua manutenção, mesmo permitida e admitida pelas autoridades sanitárias e de acordo com os protocolos de prevenção, sugerimos que a decisão seja debatida em reunião já na manhã de segunda-feira próxima, em que poderemos abordar as diversas variáveis envolvidas em qualquer medida e seus impactos coletivos e corporativos, dentre os quais os laborativos e econômicos", disse a nota emitida no sábado pela entidade do Rio de Janeiro.

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK