Semana Literária

Feira da UFPR não é só livro. Tem música, exposição, cinema e oficinas

Show na Pra\u00e7a Santos Andrade no come\u00e7o da noite de segunda-feira
Show na Pra\u00e7a Santos Andrade no come\u00e7o da noite de segunda-feira (Foto: Franklin de Freitas)

Começou nesta segunda-feira (17) e vai até sábado (22), na Praça Santos Andrade, a 37ª Semana Literária Sesc & XVI Feira do Livro da Editora UFPR. Esta edição reunirá 27 editoras e livrarias, que vão oferecer descontos de até 70% em seus títulos, além de uma seleção de 100 livros que custarão apenas R$5,00. Mas a semana não é apenas de livro. Muitas outras atrações fazem do evento uma multiplataforma cultural, com apresentações artísticas, oficinas, palestras, sessões de cinema, aulas-show sobre obras cobradas no vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR), entre outras atrações.

Ontem, por exemplo, o começo da noite teve a apresentação do Big Belas Band, um grupo formado alunos e ex-alunos da Escola de Música e Belas Artes do Paraná e que se apresentou no palco central montado na Praça Santos Andrade. Todos os dias são vários shows programados. Hoje, às 17 horas, a Orquestra Filarmônica da UFPR. Amanhã, às 12 horas, é a Banda Lyra Curitibana que faz sua apresentação.

Outras atrações culturais incluem apresentações musicais com performances poéticas, música paranaense, brasileira e internacional. A sessões de cinema exibirão o drama brasileiro “Jogo Subterrâneo – de Roberto Gervitz –, longas argentinos e espanhóis.

Todos os dias será possível conferir as exposições Mário de Andrade e Face Livro. A primeira exibe realidades imaginadas pelo poeta que poderão ser concretizadas pelos participantes em uma instalação sonora. No Face Livro, o público é convidado a interagir com capas de livros e discos, recorrendo à ilusão de perspectiva para completa-los com o rosto ou mesmo outra parte do corpo.

Além disso, todos os dias alguma oficina é ofertada para o público. Hoje, às 10 horas, tem oficina de encadernação, que ensina técnicas básicas para você fazer seu próprio caderninho. O público vai aprender a costurar as folhas, fazer a capa, juntar as partes e exercer sua criatividade. De tarde tem a Oficina de Storyboard, que mostra as ferramentas básicas para que o participante aprimore sua capacidade de transpor suas ideias para o meio visual.