Felipe Jonatan cita 'boa conversa com torcedores' e aprova postura do Santos

O lateral-esquerdo Felipe Jonatan afirmou que o elenco do Santos teve ‘uma boa conversa’ com torcedores na noite de sexta-feira, antes de empatar sem gols com o Corinthians neste sábado, pela 14ª rodada do Brasileirão, na Neo Química Arena. O encontro com a torcida ocorreu em frente ao hotel onde os jogadores estavam hospedados, em um movimento de cobrança após a goleada por 4 a 0 sofrida pelo time diante dos corintianos, na quarta, pela Copa do Brasil.

Torcedores organizados cercaram o ônibus santista na capital paulista e gritaram frases como "Se o Santos não ganhar, o pau vai quebrar". Apesar do ambiente de tensão, a situação foi controlada e os atletas toparam conversar. Ao comentar sobre o diálogo, Felipe Jonatan também pediu desculpas pelo resultado do meio da semana.

"Primeiramente, pedir desculpas à torcida por quarta-feira. A gente entrou desligado. Se tivéssemos entrado dessa forma que entramos hoje, não teríamos perdido o jogo. Tivemos uma conversa boa com a torcida no hotel, e como a torcida do Santos é imensa, e todos não podem estar no hotel, queríamos pedir desculpas em público a eles", afirmou o jogador santista.

O lateral aprovou o desempenho e a postura do Santos jogando na casa do rival, ainda mais depois de um jogo tão frustrante quanto o clássico anterior. Ele admite, contudo, que há muitos aspectos que precisam trabalhados e melhorados, principalmente a conclusão da jogadas, fator apontado pelo atleta como o maior problema do time.

"A gente tem que melhorar um pouco a finalização. No fim do jogo tivemos a oportunidade de matar o jogo e sair com a vitória, falta esse detalhezinho. Hoje mostramos que estamos focados. Estamos juntos daqui para frente, para evoluir e poder fazer um bom Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana", concluiu.

Depois do empate no Brasileirão, no qual ocupa a sexta colocação, com 18 pontos, o Santos enfrenta o Deportivo Táchira na quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa sul-americana, San Cristóbal, na Venezuela.