Assine e navegue sem anúncios [+]

Fernández anuncia ministro das Relações Exteriores e outros nomes do gabinete

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, apresentará nesta sexta-feira os ministros de seu governo, em entrevista coletiva no fim da tarde. Já se sabem alguns nomes da equipe, que enfrentará uma crise desafiadora. Ainda não foi anunciado oficialmente o ministro da Economia.

Cinco dos ministros foram antecipados nos últimos dias por Fernández, um peronista de centro-esquerda que na próxima terça-feira assumirá o poder no lugar do conservador Mauricio Macri, tendo como vice a ex-presidente Cristina Kirchner (2003-2007).

Os nomes dos futuros ministros conhecidos até agora são de correligionários, com experiência em gestão. Felipe Solá estará a cargo do Ministério das Relações Exteriores, Ginés González García da Saúde, Agustín Rossi da Defensa, Daniel Arroyo do Desenvolvimento Social e Mario Meoni, do Transporte.

Solá foi governador da província de Buenos Aires, a mais importante do país, entre 2002 e 2007. González García liderou o Ministério da Saúde durante os governos de Eduardo Duhalde (2002-2003) e Néstor Kirchner (2003-2007) e posteriormente foi embaixador no Chile, já tendo defendido várias vezes a legalização do aborto. Fonte: Associated Press.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK